Publicado 05 de Julho de 2015 - 5h30

O Google pediu desculpas na semana passada depois que um programa de reconhecimento facial em um novo aplicativo de fotos incluiu uma legenda de “gorilas” na imagem de um casal de afro-americanos. “Estamos consternados e pedimos desculpas sinceras pelo ocorrido”, afirmou um porta-voz do Google. “Tomaremos medidas imediatas para evitar a repetição de um erro deste tipo”, completou.

O Google reagiu rapidamente depois que um internauta denunciou a foto na rede social Twitter. “Google Photos, vocês estragaram tudo”, criticou Jacky Alcine em uma série de mensagens, nas quais destacou o erro. “Minha amiga não é um gorila”, escreveu, indignado.

Um diretor do Google, Yonatan Zuner, atribuiu o erro à inteligência artificial responsável por “aprender” a reconhecer lugares, pessoas e objetos nas fotografias. Ele afirmou que o programa registrou outros problemas, como não reconhecer o rosto de algumas pessoas ou identificá-las como cães.

Google e Facebook estão entre as empresas de Silicon Valley que mais investem para melhorar os programas de reconhecimento facial - que, ao que parece, ainda vai ter um longo caminho evolutivo pela frente. (France Press)