Publicado 07 de Julho de 2015 - 19h05

Rafinha Bastos, em contato com a coluna, confirma a decisão, dele e da Band, em rescindir o contrato que existia entre as partes. Mas nos termos mais elevados possíveis, inclusive assegurando que tem um carinho imenso pela casa e é muito grato pelas oportunidades que recebeu — “Não estou fazendo média ou querendo deixar as portas abertas. Eu realmente gosto de todos ali. De coração”. A partir de agora, ele pretende se concentrar nos projetos da web, cinema e no desenvolvimento de um programa para a TV fechada — que não diz qual, mas que é em parceria com a Floresta, da Elisabetta Zenatti. Rafinha é um desses poucos que trabalha muito mais fora da TV que dentro dela. Fora pedidos para comerciais e eventos, está fazendo o filme do José Aldo e tem mais um ainda para este ano. Termina, dizendo, vocês ainda vão ter que me engolir por um bom tempo.