Publicado 01 de Julho de 2015 - 19h05

Qual foi a última vez que você viu um filme colombiano? Pois eis a chance: La Playa (Telecine Cult, 20h15, 16 anos), do estreante em longas Juan Andrés Arango Garcia (2013), coprodução que envolveu Colômbia, França e Brasil — há até uma atriz brasileira, Teda Bara, do grupo Galpão de Belo Horizonte. Se quer uma referência, só para se situar melhor, seria um equivalente a Cidade de Deus (Fernando Meirelles, 2002) no Brasil. Só que vai num ponto bem específico da cultural local, pois se trata do retrato das dificuldades que a juventude negra passa em Bogotá, cidade conservadora e com elite branca predominante, onde a minoria fica à beira da criminalidade. Conta a história de Tomás (Luis Carlos Guevara), jovem negro que mora na periferia da capital. De repente, Jairo (Andrés Murillo), o irmão mais novo e viciado em drogas desaparece, e ele sai de casa para procurá-lo, com a ajuda do irmão mais velho Chaco (Jamés Solís). Mas o sonho dele é voltar para o Norte, nas praias do mar caribenho, região que teve de abandonar anos antes por causa das guerrilhas. Aposte.