Publicado 06 de Julho de 2015 - 5h30

A madrugada mais fria do ano, registrada ontem, refletiu ao longo do dia e fez com que muita gente se recolhesse em casa, sob os edredons. Segundo o Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura (Cepagri), a chegada de uma frente fria à região derrubou a temperatura para 11ºC, às 0h40. A sensação térmica de quase 4ºC negativos foi percebida às 2h40, quando os ventos chegaram a 91.6km/h, derrubando o índice de resfriamento (Wind Chill), temperatura aparente sentida pela pele exposta. Por consequência, até as 9h, quando a temperatura ainda beirava os 12ºC, as ruas de Campinas pareciam desertas.

O frio não deve ir embora tão cedo. Para hoje e amanhã as previsões de temperatura mínima variam de 10ºC a 13ºC. O tempo deve permanecer instável na região até quarta-feira.

Ontem, só praticantes de exercício assíduos pareciam dar de ombros ao céu nublado e à garoa. Caso dos cerca de 1,3 mil corredores que participaram da corrida Track And Field do Parque D. Pedro Shopping, iniciada às 8h. O vento contribuiu para que o desconforto da sensação térmica fosse ainda maior. “Você pensa várias vezes antes de sair da cama. Mas quando chega a prova e sente que todo mundo está animado, vale a pena. Basta fazer um bom aquecimento e curtir”, disse o participante Daniel Oliveira.

Em depoimento na fanpage do evento, a participante Karina Malachias da Silva reforçou que, para quem ama corridas, a palavra “frio” era repetida ao longo do percurso, mas “sempre com um belo sorriso no rosto”. A filha dela, Marina Malachias, venceu na categoria feminina dos 5Km.

Na Lagoa do Taquaral, o movimento era bem menor que num dia ensolarado. Uns, seguiam bem agasalhados, outros, nem tanto. “Sei que é importante se exercitar, então o frio não me desanima. Estou me preparando para o revezamento na 1 Maratona de Campinas e, hoje (ontem), foi dia de treino funcional”, disse a consultora de turismo Andrea Hiromi, minutos antes de caminhar. Na cliclofaixa de lazer, ativa das 7h às 12h de ontem, desde a Avenida Norte-Sul até a Praça Arautos da Paz, havia uns poucos corajosos no meio da manhã.

No Bosque dos Jequitibás, houve quem deixou a preguiça de lado para aproveitar a folga, ainda que os termômetros acusassem 13ºC às 10h30. A atração, para alguns, não era exatamente o parque, mas uma peça teatral infantil em cartaz no Teatro Carlito Maia. “Viemos ver Chapeuzinho Vermelho, do Teatro Sotac. Mais um dia no shopping não faria sentido; então quando soubemos da programação, levantamos cedo para trazer meu filho, de 3 anos”, disse a publicitária Mayra Fagundes.

Por volta das 13h de ontem, a temperatura em Campinas chegou aos 14,6ºC, mas a sensação térmica era de 1,8°C. Os ventos atingiram 60.7km/h e a umidade relativa do ar era de 76.5%. O índice de chuva acumulada (últimas 72h) até então, segundo o Cepagri, era de 5,3mm.