Publicado 03 de Julho de 2015 - 5h30

Um engenheiro de automação de 39 anos foi feito refém durante um assalto e obrigado a dirigir seu carro EcoSport para um assaltante armado, por cerca de 20 km em uma velocidade acima de 150km/h, anteontem à noite. A vítima foi rendida no bairro Nova Veneza, em Sumaré. Uma testemunha viu a ação e avisou a Polícia Militar (PM). Houve perseguição pela Rodovia Anhanguera e o acusado, identificado como Fábio da Silva Biller, de 32 anos, foi preso após a vítima bater com o carro em um barranco na Rodovia Jornalista Francisco Aguirre Proença (SP-101), a Campinas-Monte Mor, em Campinas. Com ele foram apreendidos um gorro, um par de luvas e um revólver calibre 38 com seis munições. O engenheiro chegava na casa da namorada quando foi abordado por quatro bandidos armados e encapuzados. A vítima estava dentro do seu carro, um EcoSport. Os criminosos estavam em um Honda Civic prata e pararam na frente da vítima. Ao menos 15 viaturas da polícia deram cobertura na perseguição. A vítima nada sofreu. (Alenita Ramirez/AAN)