Publicado 01 de Julho de 2015 - 5h30

Uma quadrilha composta por ao menos dez criminosos, encapuzados e armados de fuzil, invadiu a empresa Villares, no Jardim Santa Carolina, em Sumaré, no final da madrugada de ontem, explodiu três caixas eletrônicos do HSBC e fugiu com R$ 75.950,00, armas e colete à prova de bala dos vigilantes. O bando estava em dois carros. Até a tarde de ontem ninguém tinha sido preso. Na fuga, os criminosos deixaram para trás R$ 9 mil. O assalto ocorreu por volta das 5h40. Toda a ação foi registrada pelo sistema de segurança. Os criminosos estavam em um Palio prata e outro carro grande. Uma parte do bando rendeu um vigilante na portaria e ficou com a vítima enquanto os comparsas seguiram até o local onde estavam os caixas e renderam outro vigia. Esses ladrões são os que colocaram dinamites nos terminais e detonaram os equipamentos. Na fuga, os bandidos levaram dois revólveres dos vigilantes, os coletes à prova de bala e saíram atirando para o alto. Ninguém ficou ferido. A perícia técnica foi chamada e localizou cápsulas deflagradas de fuzis calibre 762, 232, 556 e 13. A reportagem procurou representantes da empresa, mas ninguém quis comentar o assalto. O banco também foi procurados, mas nenhum responsável estava disponível para falar do caso. (Alenita Ramirez/AAN)