Publicado 15 de Julho de 2015 - 5h30

O acerto entre Raheem Sterling e o Manchester City, que era apenas questão de tempo, foi confirmado. Ontem, o clube anunciou a contratação do jovem atacante do Liverpool e colocou de vez um ponto final na longa novela sobre o destino do atleta, que se estendia pelos últimos meses.

"Raheem Sterling é um dos melhores jogadores de ataque do futebol mundial, e estou muito ansioso para vê-lo se juntar a nosso elenco nesta semana", declarou o técnico do Manchester City, o chileno Manuel Pellegrini. "Ele é um jovem jogador com incrível habilidade e tenho certeza que os fãs do Manchester City se empolgarão ao vê-lo em ação pela nossa equipe."

Sterling recusou as propostas de renovação do Liverpool na reta final da última temporada e desde então as especulações sobre seu destino cresceram. No último domingo, a imprensa inglesa revelou que o clube havia chegado a um acordo para vender ao jogador ao Manchester City e na segunda-feira até o técnico Brendan Rodgers admitiu que o jogador estava de partida.

Mas foi ontem que o Manchester City anunciou o reforço. Sterling tem 20 anos e é considerado uma das maiores promessas do futebol inglês nos últimos tempos. Revelado pelo Liverpool, é presença constante nas convocações para a seleção.

Até por isso, se tornou o jogador inglês mais caro da história. O Manchester City pagou 49 milhões de libras (R$ 241,7 milhões), superando Andy Carroll, que custou ao Liverpool 35 milhões de libras em 2011. Apesar da badalação, Sterling terá que lutar para se firmar como titular do City, já que deverá brigar por posição com nomes de peso como Agüero, Dzeko, Bony, Jovetic, Nasri, David Silva e Jesús Navas. (AE)