Publicado 11 de Julho de 2015 - 5h30

O São Paulo deve ter amanhã, contra o Coritiba, o seu maior público como mandante neste Campeonato Brasileiro. Até a tarde de ontem o clube havia vendido 25 mil entradas, número superior aos 21.364 pagantes que estiveram no jogo de maior torcida nesta edição do torneio, o empate em 1 a 1 com o Avaí.

A partida será às 11h, horário em que o time ainda não jogou em 2015. A diretoria fez uma promoção de ingressos para a partida e integrantes do programa de sócio-torcedor vão pagar somente R$ 10 pelas arquibancadas. Já para os demais são-paulinos o custo será de R$ 20, metade do cobrado no jogo anterior, contra o Fluminense.

"Será fundamental contar com o incentivo dos torcedores", disse o zagueiro Rodrigo Caio ao site oficial do São Paulo. "Eles já demonstraram em outras oportunidades que podem nos fortalecer. Além disso, queremos vencer novamente na nossa casa. Temos condições de brigar por um resultado positivo e colar de novo nos líderes", completou.

Apesar da boa presença, o público ainda deve ficar abaixo da maior bilheteria do ano. O recorde é de 66.369 pessoas, número registrado em maio na partida contra o Cruzeiro, pela Copa Libertadores, e que é também o maior público do futebol brasileiro nesta temporada.

O horário da partida de amanhã, aliás, vai mudar a rotina do elenco. A preleção será hoje à noite e amanhã o elenco vai acordar às 8h, tomar café da manhã e depois seguir ao Morumbi. A comissão técnica marcou o treino de ontem para o mesmo horário do jogo para fazer o elenco se acostumar às condições. No Morumbi, o time vacilou nas últimas partidas, ao empatar com Avaí e Fluminense. (Da Agência Estado)