Publicado 09 de Julho de 2015 - 5h30

Empolgado com a sequência de três jogos sem derrota e com grandes chances de entrar no G4, o Corinthians enfrenta o Atlético Paranaense hoje, às 19h30, no estádio Itaquerão, em São Paulo, pela 12 rodada, apostando no entrosamento e no fato de jogar em casa, onde venceu quatro dos cinco jogos disputados neste Brasileiro — perdeu só para o Palmeiras.

Aos poucos, o técnico Tite vai ajeitando a equipe após a saída de Emerson, Guerrero e Fábio Santos e hoje terá a oportunidade de escalar pela terceira vez consecutiva o mesmo time, algo inédito na temporada. "Quanto mais o time joga junto, mais aumenta a afinidade e o entrosamento. Já é a terceira partida em que vamos com a mesma equipe e estamos melhorando a cada jogo", disse o volante Bruno Henrique.

Além do fato de repetir o time, enfrentar um concorrente direto na briga para entrar no G4 também motiva os corintianos. "Temos a oportunidade de fazer mais três pontos contra um time de muita qualidade. Se conseguirmos 10 pontos em quatro jogos, estaremos no caminho certo", disse Vagner Love.

Ontem, além de confirmar a formação, Tite deixou claro durante o treino que está preocupado com a bola aérea. Ele ensaiou diversas situações de jogo em que a prioridade eram os cruzamentos pelo alto, tanto no ataque quanto na defesa. A novidade do treino foi a presença do volante Cristian, recuperado de lesão na panturrilha direita. Existe a possibilidade de ele ser relacionado para o jogo de domingo contra o Flamengo, no estádio do Maracanã, no Rio.

Outra cara nova deve ser o atacante Rildo. Ele foi regularizado ontem no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF e pode aparecer no banco de reservas. Após o treino, ele foi apresentado e revelou ser corintiano. "Em 2004, o Corinthians ganhou do Goiás com um gol do Fábio Baiano. Eu estava no Pacaembu. Estava com tênis desamarrado e na hora que o Fábio Baiano fez o gol, chutei e o tênis caiu lá dentro do campo. Tive de esperar para pegar, senão iria para casa a pé", contou.

Baixas

Depois de Matheus Cassini, o Corinthians corre o risco de perder mais duas jovens promessas da categoria de base. O empresário Fernando Garcia revelou que deverá chegar nos próximos dias uma proposta oficial do Braga, de Portugal, pelo meia Matheus Pereira e pelo atacante Malcom, mas garante que não forçará a saída dos jovens atletas do clube.

"Todo tipo de negociação é passada pelo Corinthians e é ele quem tem o poder de assinar, não eu. Vai do Corinthians aceitar ou não a proposta. A proposta existe e deve chegar até sexta-feira (amanhã). Não posso revelar os valores", disse o agente.

A maior parte dos direitos econômicos dos garotos está nas mãos de Fernando Garcia. O empresário é dono de 70% de Malcom e 95% de Matheus Pereira. Ou seja, o Corinthians deve receber uma quantia relativamente pequena caso a negociação seja concretizada. Malcom tem sido utilizado pelo técnico Tite, inclusive deve ser titular na partida de hoje contra o Atlético Paranaense. (Da Agência Estado)

GOIÁS

Renan; Clayton Sales, Felipe Macedo, Fred e Diego Barbosa; Rodrigo, David, Liniker e Felipe Menezes (Juliano); Bruno Henrique e Carlos Eduardo (Murilo). Técnico: Augusto César (interino).