Publicado 07 de Julho de 2015 - 5h30

O Benfica demonstrou interesse em contratar Alexandre Pato. O clube português chegou a procurar o São Paulo para fazer uma oferta pelo atacante, mas ouviu que o jogador está emprestado ao clube do Morumbi e que o negócio deveria ser tratado diretamente com a diretoria do Corinthians.

Se o valor da proposta for inferior a 10 milhões de euros (R$ 34,8 milhões), o São Paulo tem prioridade para cobrir a oferta e ficar com Alexandre Pato, mas, sem dinheiro, o clube não pretende comprar o jogador. À reportagem, o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, afirmou que ainda não recebeu nenhuma proposta oficial do Benfica.

O dirigente pretende vender o jogador porque deseja se livrar do alto salário do atacante. Alexandre Pato já retirou a ação que movia contra Corinthians e São Paulo cobrando direitos de imagem atrasados porque pretende voltar a jogar na Europa.

Cassini

Mais de um mês depois de ter acertado a sua transferência do Corinthians para o Palermo, o meia Matheus Cassini, enfim, foi apresentado ontem como novo reforço do clube italiano. A demora ocorreu devido a problemas financeiros. O time paulista só liberou o atleta depois da confirmação do pagamento de R$ 5 milhões (o clube ficará com R$ 3,5 milhões).

O acerto da venda de Matheus Cassini foi feito no dia 26 de maio. Desde então, o Corinthians aguardava o dinheiro para efetivar o negócio. O meia viajou para a Itália na semana passada para exames médicos, mas ontem é que foi apresentado à imprensa.

Primeiro ele concedeu entrevista coletiva e depois participou de um sessão de fotos e autógrafos na loja oficial do clube. "Não tenho medo de jogar no futebol italiano. Me sinto pronto para este desafio", afirmou o jogador. "Sou muito novo, tenho apenas 19 anos e muito a aprender. Tenho certeza que será uma grande experiência e aprenderei muito aqui no Palermo". Cassini foi um dos destaques da campanha do título da Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano. (Da Agência Estado)