Publicado 03 de Julho de 2015 - 5h30

Com a missão de sair da competição de cabeça erguida, Paraguai e Peru se enfrentam hoje, em Concepción, na disputa do terceiro lugar da Copa América.

Como na última edição, em 2011, as duas seleções conseguiram chegar à semifinal. Desta vez, o Peru foi eliminado pelo Chile ao perder por 2 a 1, e os paraguaios caíram diante da Seleção Argentina por 6 a 1.

Para voltar a ficar em 3 lugar como em 2011, o Peru aposta no faro de gol de Paolo Guerrero, que está a um gol de igualar o chileno Eduardo Vargas na artilharia da competição.

Já o Paraguai chega para o jogo com o departamento médico lotado e poucas opções no banco. Derlis González, símbolo da renovação de uma equipe veterana, precisou sair no primeiro tempo no duelo contra a Argentina com dores na coxa e não deve jogar. Mesmo caso do experiente Roque Santa Cruz, que foi substituído por Lucas Barrios no duelo contra os hermanos. Já Bruno Valdez e Nelson Haedo estão com dores musculares.

Após a humilhante derrota para a Argentina, o técnico Ramón Díaz reconheceu a superioridade da "melhor seleção do mundo" e anunciou que sua equipe "tentará dar seu melhor no duelo pelo terceiro lugar".

Com ou sem um triunfo no duelo pelo terceiro lugar, o verdadeiro objetivo de ambas as equipes começa em outubro, quando disputarão as eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo da Rússia de 2018.

As eliminatórias definirão o destino de um Peru que disputou a Copa do Mundo pela última vez na Espanha em 1982 e de um Paraguai que ficou de fora do último Mundial, depois de quatro participações seguidas. (Da France Press)