Publicado 01 de Julho de 2015 - 5h30

Modesto Roma Júnior mais uma vez chorou. Assim como quando anunciou que o Santos iria processar Neymar, o presidente ficou com a voz embargada ao revelar, em vídeo publicado em canal do clube no Youtube, que o dinheiro falou mais alto e que o atacante Robinho optou por não renovar o contrato que acabou ontem. Na mesma gravação, o jogador disse que "não foi possível" renovar, garantiu estar "chateado", mas que um dia quer voltar novamente à Vila Belmiro.

"Estivemos conversando com o Robinho hoje (ontem) sobre a renovação de contrato, e, infelizmente, as condições que o Santos pode pagar ao Robinho são menores que as dos clubes do Exterior. E que ele vai continuar a sua carreira atendendo aos clubes de fora do Brasil. Desejamos ao Robinho, ídolo eterno do nosso clube, sucesso em sua carreira e torcendo para que seja feliz", disse Modesto Roma.

A voz do mandatário santista ficou embargada logo após ele dizer que Robinho é um "ídolo". Exatamente um mês atrás, Modesto Roma fez um pronunciamento para revelar que o Santos havia iniciado uma disputa jurídica contra Neymar. Na ocasião, segurou o choro também ao se referir ao atacante como um "ídolo".

Nos dois casos, o dinheiro aparece entre o ídolo e o clube. Robinho recebeu propostas mais vantajosas financeiramente e optou por deixar a Vila Belmiro mais uma vez. Ao que tudo indica, ele deve fechar com o Guangzhou Evergrande, da China. A equipe é treinada por Luiz Felipe Scolari e na segunda-feira anunciou a contratação de Paulinho, ex-Corinthians e Tottenham.

"Infelizmente, não vai ser possível a renovação do meu contrato, mas o Santos vai estar sempre no meu coração. Agradeço também a diretoria pelo esforço que fez para que eu pudesse ficar, para a alegria de todos, mas, infelizmente, não foi possível. O Santos vai continuar grande como sempre foi, o Santos está acima de qualquer jogador. Eu saio chateado porque é a minha família, mas é vida que segue, o Santos vai continuar grande e vou procurar sendo feliz fazendo o que eu mais gosto que é jogando futebol. Obrigado, agradeço a todo mundo, continuo torcendo pelo Santos e espero que um dia eu possa voltar", disse Robinho no seu discurso de despedida.

O Guangzhou Evergrande estaria disposto a pagar US$ 1 milhão por mês (cerca de R$ 3,1 milhões), livre de impostos, a Robinho, que já está com 31 anos e quer aproveitar mais uma grande oportunidade financeira em sua trajetória profissional. (Da Agência Estado)

Treinador tem baixas na defesa

O técnico Marcelo Fernandes tem problemas para escalar a defesa do Santos para a partida de amanhã contra o Fluminense, às 21h, no estádio do Maracanã, no Rio. O volante Lucas Otávio e o zagueiro David Braz estão suspensos, enquanto que o zagueiro Gustavo Henrique está com a Seleção Brasileira que disputará os Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, em julho. As opções do treinador para a vaga de David Braz são Paulo Ricardo e Leonardo. Recém-promovido ao time profissional, Paulo Ricardo tem apenas 20 anos, enquanto Leonardo já está com 29 e passou por diversos clubes, após ter sido revelado na Vila Belmiro. Agora, eles querem a vaga deixada por David Braz. O jovem zagueiro tem apenas cinco jogos pela equipe profissional do Santos – sendo três deles em 2015. Ansioso pela oportunidade de estrear no Maracanã, Paulo Ricardo já sonha com um possível confronto com Fred, centroavante do Fluminense. “Gera uma motivação maior, sim, mas temos de jogar como sempre. Temos de tomar cuidado pelo chão e pelo alto, mas jogando da mesma forma de sempre”, analisou o jogador. Enquanto isso, Leonardo tem 37 partidas pelo Peixe, mas ainda não entrou em campo pelo time na atual temporada.

94

Robinho marcou pelo Santos. É o quinto maior artilheiro da história do clube da Vila Belmiro