Publicado 14 de Julho de 2015 - 21h23

Por Raquel Valli

Os protetores Rodrigo Bernardes e Rodrigo Costa, proprietários do santuário de pit bulls 'Rancho RR'

Arquivo Pessoal

Os protetores Rodrigo Bernardes e Rodrigo Costa, proprietários do santuário de pit bulls 'Rancho RR'

Um pit bull que está perdido ou foi abandonado está vagando pela Rodovia Adhemar de Barros (SP-342), em Mogi-Guaçu, na altura do Km 176 Km, no Parque Cidade Nova, próximo à Fama Comércio do Peças. É branco pintado de marrom, tem rabo e as orelhas operadas. É adulto e está muito magro.

Está sendo procurado pelos protetores Rodrigo Bernardes e Rodrigo Costa, proprietários do santuário de pit bulls 'Rancho RR', que fica em Albertina (MG). Ambos foram acionados por moradores de Mogi-Guaçu, preocupados com a situação do cachorro, que corre risco de atropelamento.

Bernardes, Costa e a assistente de veterinária do rancho, Ana Carolina Silva, o encontraram às 13h58. Eles estavam dentro de um Renault Clio, mas, quando avistaram o cachorro, um Fiat Linea, cor de vinho, placas EIN 2313, de Mogi Guaçu, bateu na traseira do Clio, afugentando o animal.

“O homem desceu do carro berrando, fazendo escândalo, e o cachorro, assutado, fugiu”, conta Bernardes.

O trio ainda ficou rondando a área até às 18h, na tentativa de encontrar o pit bull, mas sem sucesso.

“Amanhã (quarta-feira, 15), vamos voltar pra continuar procurando”, completa o protetor, que deixou o celular com quatro moradores do bairro - a fim de que possa ser avisado caso alguém aviste o cachorro. Quem o avistar, por favor, entre em contato com Bernardes pelo telefone (35) 97413636.

Escrito por:

Raquel Valli