Publicado 14 de Julho de 2015 - 16h18

Por Turismo

A Azul tem frota suficiente para ampliar em 15% sua oferta de passagens aéreas nacionais em dezembro, mas está voando menos e vai aumentar sua capacidade em apenas 3,9%

Divulgação

A Azul tem frota suficiente para ampliar em 15% sua oferta de passagens aéreas nacionais em dezembro, mas está voando menos e vai aumentar sua capacidade em apenas 3,9%

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras recebeu aprovação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e da GRU Airport para ampliar suas operações internacionais com voos diários sem escalas que ligarão São Paulo (Guarulhos) a Orlando, nos Estados Unidos. A nova rota estreia em 15 de dezembro – data do primeiro aniversário dos voos da empresa para Orlando.

Com a aprovação, a Azul concretizará a primeira operação internacional da empresa em Guarulhos. Ainda, será a única companhia a oferecer voos sem escalas para Orlando a partir de três aeroportos no país: Confins, Viracopos e o terminal localizado na região metropolitana de São Paulo (Guarulhos). “A expansão da malha internacional da Azul chega agora ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. Com a novidade, a companhia terá operações para os Estados Unidos a partir de três dos maiores aeroportos do país: Campinas, Confins (com estreia marcada para 16 de novembro) e o terminal internacional da capital paulista. A companhia ampliará a oferta de assentos para um dos destinos mais procurados pelos brasileiros no exterior e disponibilizará ainda mais conectividade a Clientes de todo o Brasil com a operação em Guarulhos”, afirma Marcelo Bento, diretor de Planejamento e Alianças da Azul.

Com apenas uma parada em Guarulhos, Clientes de 15 cidades poderão chegar a Orlando. São elas: Belo Horizonte (Confins), Brasília, Cuiabá, Campo Grande, Curitiba, Goiânia, Ilhéus, Navegantes, Porto Alegre, Maringá, Joinville, Recife, Rio de Janeiro (Santos Dumont), Salvador e Vitória. No aeroporto paulista, a Azul opera mais de 40 voos diários.

Os voos serão operados pelos jatos Airbus A330-200, que transportam até 272 pessoas em duas classes de serviço. Nos próximos meses, estas aeronaves passarão por um processo de reconfiguração interna, de modo a estabelecer um novo padrão de conforto e qualidade no setor.

Escrito por:

Turismo