Publicado 04 de Julho de 2015 - 5h00

Por Delma Medeiros

Guilherme de Almeida: evento quer abordar outras facetas do poeta, muito ligado à cultura paulista

Divulgação

Guilherme de Almeida: evento quer abordar outras facetas do poeta, muito ligado à cultura paulista

As homenagens ao escritor, tradutor, advogado e poeta modernista campineiro Guilherme de Almeida, reconhecido como “Príncipe dos Poetas”, têm início neste sábado (4) e prosseguem durante a semana com palestras, sessão solene, exibição de filmes, encenação, exposição e outras atrações.

A programação foi definida pela Casa Guilherme de Almeida em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e entidades culturais da cidade. “Este ano (a Semana) tem o diferencial de contar com o apoio e diretrizes da Casa Guilherme de Almeida, órgão responsável pelo patrimônio e por manter viva a memória e obra do poeta”, diz o secretário de Cultura, Ney Carrasco.

“O Marcelo Tápia, presidente da casa, ajudou a fazer a programação-tronco, abrindo espaço para as iniciativas das Academias Campinense de Letras (ACL<) e Campineira de Letras e Artes (ACLA). A proposta é transformar o evento em uma grande semana literária, sem perder a ligação com a intelectualidade da cidade”, reforça. A Casa Guilherme de Almeida é uma instituição da Secretaria de Estado da Cultura, gerenciada pela Organização Social Poiesis, com sede na cidade de São Paulo.

O mês de julho foi escolhido para as homenagens por ser o mesmo de seu nascimento (24 de julho de 1890) e de morte (11 de julho de 1969) e, ainda, pelo dia 9 de julho ser o marco da Revolução Constitucionalista de 1932, da qual ele participou ativamente.

“Este ano firmamos esta parceria visando ampliar as ações e abordar as várias facetas do poeta, que era também tradutor, compositor, uma pessoa muito ligada à cena cultural do Estado. Ele colaborou na criação do Teatro Brasileiro de Comédia (TBC), escreveu textos teatrais, atuou como crítico de cinema durante cerca de 30 anos, com a coluna Cinematographos, no jornal O Estado de S. Paulo, foi roteirista da Vera Cruz, criou hinos e brasões. A programação busca abarcar todos esses aspectos”, afirma Tápia. “Guilherme de Almeida foi muito famoso em seu tempo. Foi escolhido ‘Príncipe dos Poetas’ em 1959, em votação popular, disputando com os poetas Manuel Bandeira, Carlos Drummond de Andrade e Vinicius de Moraes”, completa.

Além de palestras sobre vida, obra e sua ligação com a Revolução Constitucionalista, haverá encenação de uma peça baseada em textos do poeta, para mostrar sua ligação com o teatro, exibição de curtas de cinema mudo com trilha sonora ao vivo ao piano, e do longa 'São Paulo, Sinfonia da Metrópole', filme de 1929, com trilha sonora ao vivo pelo grupo Nova Música Eletroacústica (NME), seguido de leitura da crítica ao filme escrita pelo poeta, solenidade em referência aos 83 anos da Revolução de 1932, além das atividades nas academias culturais .

Membros da Academia Campinense de Letras: (da esquerda para direita) Sérgio Caponi, Lauro Péricles Gonçalves, Walter Vieira e Agostinho Tavolaro

Parceria com academias

As Academias Campinense de Letras (ACL) e Campineira de Letras e Artes (ACLA), como fazem anualmente, integram a programação da Semana Guilherme de Almeida. A sessão solene de julho da ACL tem como destaque a homenagem ao poeta. “A sessão começa com a palestra Guilherme de Almeida e 1932, tendo como palestrante Adilson Cézar, um grande estudioso e conhecedor da obra do poeta”, informa o presidente da ACL, Agostinho Toffoli Tavolaro. O palestrante é presidente do Instituto Histórico, Geológico e Geográfico de Sorocaba, Academia Paulista de História e Academia de História Militar Terrestre do Brasil. A ACL sedia também a exibição do filme 'Cinema Nostalgia - as Memórias de um Fã', composto por vários curtas-metragens de filmes mudos produzidos entre 1910 e 1920. A exibição resgata o espírito do cinema antigo a partir dos relatos de Guilherme de Almeida, com comentários de Donny Correia e acompanhamento ao piano de Gabriel Levy.

No pequeno expediente, uma homenagem a escritores acadêmicos que morreram recentemente. O acadêmico José Alexandre dos Santos Ribeiro, falará in memoriam de Maria José Moraes Pupo Nogueira; e Sergio Caponi, presidente da ACLA, dos escritores Ravengar Pereira Marcondes, Roberto Correa e Vidal Ramos.

Na ocasião, a professora Regina Márcia Moura Tavares vai anunciar o lançamento, no dia 11 de julho, da Associação Cultural Guilherme de Almeida. Para finalizar, o ex-prefeito e acadêmico Lauro Péricles Gonçalves fala sobre os 800 anos da Carta Magna, a pedra angular da constituição britânica. “A Carta Magna pode ser considerada a primeira constituição da história, o primeiro documento a garantir alguns direitos, como o habeas corpus, por exemplo”, explica Péricles. E a Galeria de Artes Lélio Coluccini, apresenta a exposição Artes em Homenagem a Guilherme de Almeida, coletiva dos artistas Ana Maria Kalaf, Shirley Fantinatto, Fernando Petter, Sônia Mansueti e Vera Sofia, com curadoria de Marly Straccieri. Segunda, às 19h30, na ACL (Rua Marechal Deodoro, 525, Botafogo, fone: 3231-2854). Entrada franca. 

Cena da peça teatral 'Simples Cidade'

PROGRAMAÇÃO

Neste sábado (4), às 17h - Abertura da Semana pelo secretário de Cultura, Ney Carrasco; palestra Guilherme de Almeida, Poeta e Tradutor, por Marcelo Tápia, diretor da Casa Guilherme de Almeida; apresentação teatral 'Simples Cidade' (foto). No Teatro Municipal José de Castro Mendes - sala de ensaio da orquestra (Pça. Corrêa de Lemos, s/nº, Vila Industrial, fone: 3272-9359)

Segunda (6), às 9h - Abertura da exposição 'Guilherme de Almeida - Obras, textos e poesia'. Até 31/8, de segunda a sexta, das 9h às 12h e das 13h às 17h

Na iblioteca Pública Distrital de Sousas Guilherme de Almeida (Rua Oscar Rossim, 63, Sousas, fone: 3258.4515)

Segunda (6), às 19h30 - Sessão solene, com a palestra 'Guilherme de Almeida e 1932', por Adilson Cezar; e Cinema Nostalgia com 'As Memórias de um Fã, exibição de curtas de cinema mudo com comentários de Donny Correia e acompanhamento ao piano de Gabriel Levy, Na ACL - Academia Campinense de Letras (Rua Marechal Deodoro, 525, Botafogo, fone: 3231-2854)

Terça (7), às 20h - Exibição do filme 'São Paulo, Sinfonia da Metrópole', com trilha sonora ao vivo pelo grupo NME e comentários de Donny Correia, e palestra. No MIS - Museu da Imagem e do Som (Rua Regente Feijó, 859, Centro, fone: 3733-8800)

Quinta (9), às 9h - Solenidade em referência aos 83 anos da Revolução de 1932. No Mausoléu da Praça dos Voluntários de 32 (Av. da Saudade s/nº, Ponte Preta, em frente ao Cemitério da Saudade)

Sábado (11), às 15h30 - Lançamento da Associação Cultural Guilherme de Almeida; e, às 16h, palestra Biografia e Obra de Guilherme de Almeida, por Sérgio Caponi, presidente da ACLA. Na ACLA - Academia Campineira de Letras e Artes (Rua Dr. Mascarenhas, 412, Botafogo, fone: 3384-5417)

*Entre os dias 16 e 18/7, ocorre a Semana Guilherme de Almeida na Casa Guilherme de Almeida, em São Paulo. Programação no site www.casaguilhermedealmeida.org.br

 

Escrito por:

Delma Medeiros