Publicado 07 de Julho de 2015 - 11h33

Por Agência Estado

A Polícia Civil mineira encerrou no início da tarde desta sexta sem sucesso, mais um trabalho de buscas pelo corpo de Eliza Samudio, ex-amante do goleiro Bruno Fernandes

Cedoc/ RAC

A Polícia Civil mineira encerrou no início da tarde desta sexta sem sucesso, mais um trabalho de buscas pelo corpo de Eliza Samudio, ex-amante do goleiro Bruno Fernandes

Cinco anos após o crime, o Ministério Público de Minas Gerais denunciou à Justiça na segunda-feira (6) mais duas pessoas, dois policiais civis, acusados de envolvimento na morte de Eliza Samudio.

José Lauriano de Assis Filho vai responder por sequestro, cárcere privado, homicídio triplamente qualificado, corrupção de menor, ocultação de cadáver e coação de testemunha. Já Gilson Costa foi denunciado por coação.

Condenados

O ex-goleiro Bruno Fernandes das Dores de Souza foi condenado pelo sequestro e assassinato de sua ex-amante Eliza Samudio em 2013. Além de Bruno, outras cinco pessoas já foram condenadas por envolvimento no crime.

Os últimos foram Elenílson Vitor da Silva e Wemerson Marques de Souza, o Coxinha. Eles foram sentenciados, respectivamente, a penas de três anos e dois anos e seis meses pelo sequestro e cárcere privado do bebê que Eliza teve com Bruno.

Escrito por:

Agência Estado