Publicado 06 de Julho de 2015 - 21h08

Por Agência Estado

Contribuintes que não são listados nos lotes de restituição devem verificar o extrato da declaração para ver se não há pendência ou inconsistências no documento enviado à Receita e fazer a correção para evitar cair na malha fina

Cedoc/ RAC

Contribuintes que não são listados nos lotes de restituição devem verificar o extrato da declaração para ver se não há pendência ou inconsistências no documento enviado à Receita e fazer a correção para evitar cair na malha fina

A Receita Federal abrirá, a partir das 9 horas da próxima quarta-feira (8), consulta ao segundo lote de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) de 2015. De acordo com a Receita, quase 1,5 milhão de contribuintes serão contemplados. Isso totaliza mais de R$ 2,3 bilhões em restituições.

Mas o lote multiexercício do IRPF envolve também restituições dos exercícios de 2008 a 2014. O crédito bancário será realizado no dia 15 de julho, totalizando o valor de R$ 2,5 bilhões. Desse total, parcela de quase R$ 866 milhões refere-se a idosos e contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet (www.receita.fazenda.gov.br) ou ligar para o Receitafone 146.

Escrito por:

Agência Estado