Publicado 10 de Julho de 2015 - 19h48

Por AFP

O tufão, com ventos de até 210 km/h, deve passar a leste de Xangai; cerca de 30 mil navios retornaram ao porto na província

AFP

O tufão, com ventos de até 210 km/h, deve passar a leste de Xangai; cerca de 30 mil navios retornaram ao porto na província

O poderoso tufão Chan-hom se dirigia neste sábado (11) (horário local) para Xangai, o que levou a evacuação de mais de 865 mil pessoas no leste da China, depois de ter varrido o arquipélago japonês de Okinawa e Taiwan.

Este poderia ser o tufão mais forte a atingir a província de Zhejiang, situada ao sul de Xangai, desde 1949, disse o Centro Meteorológico Nacional da China (NMC).

O Chan-hom causou cinco mortes durante sua passagem pelas Filipinas nesta semana e deixou mais de 20 feridos no Japão nesta sexta-feira (10). Quatro pessoas ficaram feridas pela queda de árvores em Taiwan.

Na manhã deste sábado, a tempestade estava localizada a 235 quilômetros ao sudoeste da província de Zhenjiang e ganhou velocidade ao aproximar-se da terra, de acordo com a NMC.

O tufão, com ventos de até 210 km/h, deve passar a leste de Xangai. Além da evacuação de centenas de milhares de pessoas, cerca de 30 mil navios retornaram ao porto na província, depois que a costa foi atingida por ondas de 10 metros de altura, disse o NMC - citado pela agência de notícias Xinhua. Várias cidades na província registraram chuvas muito intensas e ventos fortes.

Escrito por:

AFP