Publicado 02 de Julho de 2015 - 19h58

Por AFP

O trem descarrilou quando uma parte da ponte ferroviária desabou na passagem da composição

France Press

O trem descarrilou quando uma parte da ponte ferroviária desabou na passagem da composição

Pelo menos 14 pessoas morreram nesta quinta-feira (2) no Paquistão, quando um trem que transportava soldados e material militar caiu em um rio, após o desabamento parcial da ponte sobre a qual circulava, uma catástrofe que pode ter sido fruto de uma sabotagem, segundo as autoridades.

O acidente ocorreu perto da cidade de Wazirabad, no centro da província de Pendjab, a mais populosa do país, quando o trem dirigia-se para a cidade de guarnição de Jarrian.

O trem descarrilou quando uma parte da ponte ferroviária desabou na passagem da composição.

No meio do dia, as autoridades paquistanesas tinham reportado cinco mortos e cinco feridos no acidente.

"Catorze cadáveres foram encontrados, incluindo o do maquinista. Cinco pessoas continuam desaparecidas", informou o exército. A catástrofe ferroviária é considerada a mais letal dos últimos anos no país.

O acidente pode ter sido causado por um ato de sabotagem, sugeriu o ministro de Ferrovias, Jawaja Sad Rafique, sem acusar diretamente nenhum movimento rebelde, sejam islamitas ou balúchis, muito ativos no país.

Escrito por:

AFP