Publicado 02 de Julho de 2015 - 11h18

Por France Press

O porta-voz da instituição afirmou que a reitoria não foi informada da apresentação, cujas imagens se tornaram virais na internet

Reprodução/ FB

O porta-voz da instituição afirmou que a reitoria não foi informada da apresentação, cujas imagens se tornaram virais na internet

Uma performance com pessoas nuas e cenas explicitamente sexuais realizada no hall de entrada da faculdade de Ciências Sociais da Universidade de Buenos Aires na noite de quarta-feira (1º)  provocou polêmica entre os argentinos. A performance intitulada "Quarta de prazer" incluiu a participação de vários atores, entre eles mulheres nuas se masturbando em plena hora de entrada dos estudantes.

O porta-voz da instituição afirmou que a reitoria não foi informada da apresentação, cujas imagens se tornaram virais na internet. Segundo a propaganda do evento, a apresentação faz parte de uma atividade da área de Comunicação, Gêneros e Sexualidades da faculdade.

Imaginário

O objetivo da "Quarta de prazer" era "ampliar o imaginário pornográfico e experimentar outras formas sexualizadas de habitar o espaço universitário", segundo a propaganda. "O Pós-pornô chega às Ciências Sociais e passeia pelos corredores da faculdade e vai sexualizando tudo ao seu redor", acrescenta o texto.

Segundo uma das coordenadoras da área envolvida, Carolina Justo von Lurzer, a performance faz parte de um ciclo anual que acontece desde 2012.

O 'Pós-pornô' é um movimento surgido nos anos 80 nos Estados Unidos que buscava tirar a pornografia do âmbito exclusivo heterossexual e derrubar preconceitos exigindo corpos afastados dos estereótipos habitualmente exibidos pela pornografia tradicional.

Escrito por:

France Press