Publicado 02 de Julho de 2015 - 10h52

Por France Press

A empresa escaneou livros fornecidos por bibliotecas, em troca de que estas tivessem a possibilidade de oferecer as cópias aos usuários de forma limitada

Reprodução

A empresa escaneou livros fornecidos por bibliotecas, em troca de que estas tivessem a possibilidade de oferecer as cópias aos usuários de forma limitada

O Google pediu desculpas nestaa quarta-feira (1º)  depois que um programa de reconhecimento facial em um novo aplicativo de fotos incluiu uma legenda de 'gorilas' na imagem de um casal de afro-americanos. "Estamos consternados e pedimos desculpas sinceras pelo ocorrido", afirmou um porta-voz do Google.

"Tomaremos medidas de maneia imediata para evitar a repetição de um erro deste tipo", completou. Google reagiu rapidamente depois que um internauta denunciou a foto na rede social Twitter. "Google Photos, vocês estragaram tudo!", criticou Jacky Alcine em uma série de mensagens, nas quais destacou que o erro era uma ofensa.

"Minha amiga não é um gorila", escreveu, indignado.

Inteligência artificial

Um diretor do Google, Yonatan Zuner, atribuiu o erro à inteligência artificial responsável por "aprender" a reconhecer lugares, pessoas e objetos nas fotografias. "No topo da minha lista de bugs que você nunca deseja ver acontecer. Arrepiado", lamentou Zunger.

Ele afirmou que o programa registrou outros problemas, como não reconhecer o rosto de algumas pessoas ou identificá-las como cães. Google e Facebook estão entre as empresas de Silicon Valley que mais investem para melhorar os programas de reconhecimento facial.

Melhorar a diversidade entre os engenheiros provavelmente ajudaria a evitar este tipo de problemas, afirmou Alcine.

Escrito por:

France Press