Publicado 14 de Julho de 2015 - 19h47

Por Agência Anhanguera de Notícias

Mais de 3 milhões de alunos da Secretaria da Educação de São Paulo vão participar, em agosto, da Avaliação de Aprendizagem em Processo (AAP). Na região de Campinas, são ao todo 495 mil indicados. O exame tem como objetivo identificar as habilidades de português e matemática adquiridas ao longo do primeiro semestre. A prova é direcionada a estudantes do 2º ano do Fundamental à 3ª série do Ensino Médio e também avalia o desempenho em redação.

O exame é dividido em questões dissertativas e de múltipla escolha. Em vigor na rede paulista desde 2011, a avaliação traça um panorama sobre as possíveis dificuldades dos estudantes. A partir dos índices extraídos, os educadores das unidades de ensino podem criar estratégias e projetos com foco em cada etapa da escolaridade e na defasagem dos alunos. Todas os professores receberão o manual Comentários e Recomendações Pedagógicas.

Cada escola terá autonomia para definir os dias de aplicação do exame, no prazo entre 3 e 8 de agosto. São ao todo 15 questões para o Ensino Fundamental e Médio. “A avaliação é um importante instrumento de apoio ao currículo. Com a prova, é possível, com maior precisão, diagnosticar as fases do aprendizado e as eventuais defasagens”, diz o secretário Herman Voorwald.

Escrito por:

Agência Anhanguera de Notícias