Publicado 10 de Julho de 2015 - 13h01

Vários disparos atingiram o portão da casa do agente penitenciário

Alenita Ramirez/AAN

Vários disparos atingiram o portão da casa do agente penitenciário

Um agente penitenciário de 48 anos foi alvo de disparos efetuados por criminosos na noite da última quinta-feira (9) no bairro Jardim Adelaide, em Hortolãndia. O homem foi atingido na perna e de raspão na altura da cintura quando chegava em sua residência.

Segundo o relato da vítima, ele foi abordado por volta das 19h20 quando dirigia seu carro e se preparava para entrar na garagem de sua casa. Os autores dos disparos estavam em uma motocicleta Titan e um veículo Focus prata quando abriram fogo contra a vítima.

Após perceber que seria alvo de uma tentativa de homicídio, o homem se abaixou no banco do passageiro do veículo e esperou os bandidos fugirem do local. A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o Hospital Estadusl de Sumaré, onde segue internado. Ele não corre risco de morte e seu quadro clínico é estável.

Na hora do crime, a filha do agente estava no jardim da residência abrindo o portão para o pai poder entrar com o veículo. Ao ouvir os disparos, a garota fechou o portão e se escondeu dentro de casa. Alguns dos disparos atingiram o portão, mas não acertaram a garota.

Uma viatura da Polícia Militar realizava uma patrulha na região e os policiais ouviram os disparos. Ao serem alertados pelos sons, os policiais conseguiram chegar ao local e flagraram a tentativa de homicídio. Quando os criminosos viram a chegada da viatura fugiram do local.

De acordo com a Polícia Militar, ao menos nove cápsulas deflagradas foram encontradas no local do crime. A Polícia Civil dará início à investigação do caso. Até o momento ninguém foi identificado ou preso.