Publicado 07 de Julho de 2015 - 11h04

Por Sarah Brito

Servidores públicos declararam estado de greve nesta terça-feira; paralisação pode ocorrer na próxima segunda-feira

Sarah Brito/AAN

Servidores públicos declararam estado de greve nesta terça-feira; paralisação pode ocorrer na próxima segunda-feira

Os servidores de Americana entraram em estado de greve, devido ao atraso nos pagamentos e pela série de demissões anunciadas pela Prefeitura da cidade. Segundo o presidente do sindicato que representa os trabalhadores, Antônio Forti, entre esta terça-feira (7) e a próxima quarta-feira(8), a categoria negocia com a Prefeitura as reivindicações, e também levanta números para verificar a situação da crise. Caso haja greve, será a partir da próxima segunda-feira. Nesta terça, não haverá protestos ou paralisação. O sindicato fica em reunião com o Executivo. No final da tarde, o sindicato se posicionará sobre o encaminhamento do movimento. A Prefeitura foi procurada e ainda responderá sobre a situação.

Transporte

Os ônibus da VCA, empresa que faz parte do serviço público de transporte de Americana, paralisou o serviço durante esta manhã. O sindicato alega problemas no pagamento e sucateamento da frota. Eles dizem ainda que têm medo de a empresa fechar e os funcionários ficarem sem pagamento. Os ônibus estão parados na garagem de Americana.

Segundo o sindicato da categoria, a frota conta com 48 ônibus, destes, apenas quatro estão com a documentação em dia e rodando normalmente. 

Além dos problemas com os veículos, os funcionários temem pela diretoria da empresa pois, segundo eles, também teve o mesmo problema anteriormente em Limeira e os funcionários ficaram sem o pagamento do FGTS.

Ainda de acordo com o sindicato, o Fundo de Garantia dos trabalhadores está atrasado em três anos.

Escrito por:

Sarah Brito