Publicado 30 de Junho de 2015 - 15h07

Por Alenita de Jesus

Alenita Ramirez

[email protected]

Uma autônoma de 29 anos é acusada de matar o marido, o também autônomo Cristiano Batista, de 40 anos, com duas facadas – peito e pescoço – durante uma discussão, anteontem à noite, no Parque do Café, em Monte Mor. A vítima chegou a ser socorrida pelo Gare e levada para o Hospital Municipal local, mas não resistiu aos ferimentos. A mulher fugiu.

O crime ocorreu por volta das 18h30 na casa do casal, na Rua 9. Segundo a Polícia Civil, a mulher é usuária de drogas e a vítima alcoólatra. O casal teria iniciado uma briga no período da tarde e durante a discussão ela chegou a passar mensagem pelo celular avisando um irmão e a cunhada da briga. Os parentes teriam ido na casa, conversado e apaziguado os ânimos do casal. Quando eles chegaram em casa voltaram a receber nova mensagem da autônoma de que o marido a agredia.

Segundo a polícia, quando o irmão e a cunhada chegaram na casa da autônoma pela segunda vez encontraram a ambulância no local atendendo a vítima, que estava caída na sala em meio a uma poça de sangue.

Ainda segundo a polícia, testemunhas teriam relatado que a mulher saiu na rua e começou a gritar por socorro. Enquanto um vizinho entrou para ligar para o resgate, a autônoma fugiu. “O casal tenho um histórico complicado e brigavam muito”, contou um policial.

Segundo vizinhos, o casal morava no bairro havia um mês.

Escrito por:

Alenita de Jesus