Publicado 04 de Junho de 2015 - 12h44

Por Agência Estado

Treino da Seleção Brasileira, nesta terça-feira (2), na Granja Comary

France Press

Treino da Seleção Brasileira, nesta terça-feira (2), na Granja Comary

O atacante Robinho foi submetido na manhã desta quinta-feira (4) a um exame de imagem em um hospital de Teresópolis, com o objetivo de se saber a real extensão de sua contusão no joelho direito. Ele estava acompanhado do médico da Seleção Brasileira, Rodrigo Lasmar. A CBF ainda não divulgou detalhes sobre a condição do jogador.

Robinho sentiu dores no joelho durante o treino da seleção na manhã da última quarta-feira (3) e precisou abandonar a atividade. Depois, foi poupado dos trabalhos da tarde, justamente por conta da lesão. Agora, ele também não treinará nesta quinta e vai dar prosseguimento ao tratamento intensivo.

A condição física de Robinho preocupa o técnico Dunga para os amistosos diante do México, neste domingo (7), no Allianz Parque, em São Paulo, e de Honduras, quarta-feira (10) que vem, no Beira-Rio, em Porto Alegre. Mas mais do que isso, o atacante é homem de confiança do treinador para a Copa América, que começa na próxima quinta-feira (11) no Chile.

Torcedores

O sol finalmente apareceu em Teresópolis nesta quinta e os fãs da Seleção Brasileira também. Em número bem pequeno, é verdade. Mas durante a manhã, pelo menos havia movimento de torcedores na entrada da Granja Comary, o condomínio fechado em que fica o local de treinamentos da CBF. Cerca de 30 pessoas, a maioria jovens e crianças, esperavam na esperança de ao menos ver os jogadores.

O fato de ser feriado contribuiu para a "presença de público". Teve gente que veio de Florianópolis, de Itu, no interior de São Paulo, além de um grupo de 10 pessoas que pegou um ônibus em Niterói para fazer um "bate e volta", mas esperava sair de Teresópolis ao fim do dia com histórias da Seleção para contar.

Presente

Entre eles estava Nicole Xavier, que acaba de completar 15 anos e, como presente, queria conversar, fazer fotos e ganhar um autógrafo do ídolo David Luiz. Ela veio de São Gonçalo, via Niterói, com a mãe e a irmã e trazia consigo um cartaz com o pedido: "David Luiz, fiz 15 anos no dia 02/06. Realize meu sonho de te conhecer".

Ao ser alertada de que dificilmente teria acesso à Granja, falou desapontada. "Eu vou ficar muito triste se não conseguir. Terei de esperar outra oportunidade no futuro, mas não vou desistir."

Animação

A mais animada do grupo era a irmã de Nicole, Natália, de 27 anos, que estava ali apenas para dar um apoio moral à caçula da família. "Eu não gosto de futebol, não gosto da Seleção, não vi os 7 a 1 da Copa, estou aqui apenas para dar um força para a minha irmã e vou detestar ainda mais a Seleção se ela não conseguir contato com o David.''

Mais tímida, mas nem por isso deixando de prestar atenção em tudo o que ocorria à sua volta, Maria Fernanda de Castro, que saiu de Itu para comemorar o aniversário de uma avó, aproveitou para dar uma passadinha na Granja junto com o irmão, João Mateus, que está prestes a fazer 10 anos. Eles foram levados à porta da concentração da Seleção por um tio. "Meu sonho é ver o David Luiz, vamos ver se dá", esperava.

Escrito por:

Agência Estado