Publicado 29 de Junho de 2015 - 21h29

Por Paulo Santana

Biro Biro arranca em direção à área do Atlético Paranaense: atacante fez dois passes decisivos para a virada

Janaina Ribeiro/Especial para a AAN

Biro Biro arranca em direção à área do Atlético Paranaense: atacante fez dois passes decisivos para a virada

Com o gol que garantiu a vitória de virada sobre o Atlético-PR, o atacante Felipe Azevedo teve um domingo (28) perfeito. O atacante correu para o abraço e ainda pôde fazer a alegria do filho Gabriel, que estava pela primeira vez no estádio.

Felipe Azevedo tem muito o que agradecer ao companheiro Biro Biro, que em tarde inspirada, foi autor do passe açucarado que o deixou na cara do gol. Biro Biro também fez a assistência para o gol de Cajá.

“O Biro teve uma tarde de garçom, no gol do Cajá ele também serviu muito bem. Ele tem esta qualidade, puxa a bola para dentro e coloca bons passes. Nos treinos é assim também. No meu gol contra o Santos também aproveitei uma finalização dele, que a bola sobrou. Eu procuro sempre entrar na área entre os zagueiros porque quando o Biro puxa para dentro, ele sempre enfia a bola com qualidade”, disse Felipe Azevedo.

“Ele vem num momento muito bom, fez falta contra o Fluminense, vem infernizando todo mundo, é um jogador muito rápido, muito ágil e vai ainda ajudar muito a equipe. Dou uns 10% do gol para ele, já tá bom, não posso dar todo esta moral para ele não”, brincou.

Os companheiros ainda não haviam se falado após a vitória, pois Biro Biro foi sorteado para o exame antidoping. E não deu outra. Na tarde desta segunda-feira (29), na reapresentação do elenco, minutos depois de Felipe Azevedo comentar sobre o seu passe perfeito, Biro apareceu na sala de imprensa do Majestoso para cobrar a dívida: “Se ele não agradecer pelo passe, tá de brincadeira”, brincou o destaque da Ponte no domingo.

Felipe Azevedo tem dois gols neste Brasileirão e engrossa a lista dos artilheiros da Macaca, liderada pelo meia Renato Cajá, com cinco (ele é artilheiro do campeonato ao lado de Ricardo Oliveira). Já balançaram a rede também Biro Biro, Diego Oliveira e Tiago Alves (2), e Borges e Tiago Alves (1).

Escrito por:

Paulo Santana