Publicado 28 de Junho de 2015 - 19h21

Por Agência Estado

Cruzeiro, de Vanderlei Luxemburgo, sofreu segunda derrota seguida

Cedoc/RAC

Cruzeiro, de Vanderlei Luxemburgo, sofreu segunda derrota seguida

O Coritiba mostrou mais eficiência e derrotou o Cruzeiro por 1 a 0 neste domingo (28), no Estádio Couto Pereira, em Curitiba, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, em uma partida com poucas alternativas de gols e que foi decidida pelo atacante Rafhael Lucas, aos 17 minutos da etapa final.

Mesmo com a vitória, o Coritiba se manteve na zona de rebaixamento, na 18ª colocação, agora com sete pontos. O Cruzeiro tem 10 pontos.

Marcação forte

Com forte marcação de ambos os lados, o jogo ficou mais concentrado no meio de campo, e com isso foram criadas poucas chances de gol. Somente aos 19 minutos aconteceu um lance perigoso, quando Marcos Aurélio deu uma cabeçada que passou rente à trave, após bater no zagueiro Manoel. Aos 37, o estreante Kleber Gladiador quase abriu o placar, ao chutar da marca do pênalti e exigir uma difícil defesa de Fábio.

Na segunda etapa, o jogo ficou mais aberto e aos sete minutos, William perdeu um gol na pequena área, livre de marcação, após cruzamento de De Arrascaeta pela direita. Aos 17, porém, o ala Rodrigo Ramos foi à linha de fundo e cruzou para Rafhael Lucas, que havia entrado na vaga de Kleber, se antecipar à zaga e marcar o único gol da partida.

Substituição

O técnico Ney Franco colocou Rodolfo no lugar do cansado Galhardo, e o Coritiba soube segurar a tentativa de reação do Cruzeiro, assegurando o triunfo por 1 a 0.

No final da partida, Henrique lamentou a derrota. "Faltaram alguns detalhes, principalmente no último passe, mas nos resta acertar isso tudo, trabalhar, pois na quarta-feira tem mais", disse.

Para o zagueiro Luccas Claro, o time foi aguerrido. "Jogamos com a equipe muito ofensiva, com Lúcio Flávio jogando hoje, o importante é todo mundo ajudar, marcando se entregando, que aconteceu com a gente isso hoje", afirmou.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 1

Bruno; Rodrigo Ramos, Luccas Claro, Leandro Silva e Henrique; Hélder, Galhardo, Lúcio Flávio e Esquerdinha; Marcos Aurélio (Paulinho) e Kleber (Rafhael Lucas). Técnico: Ney Franco

CRUZEIRO 0

Fábio; Maike, Manoel, Paulo André e Pará; Williams, Henrique, Allano (Marcus Vinícius) e William (Joel); De Arrascaeta e Leandro Damião (Henrique). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Gol - Rafhael Lucas, aos 17 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos - Paulo André, Allano, Lúcio Flávio, Esquerdinha, Rodrigo Ramos, Luccas Claro, Leandro Silva, Marcus Vinícius, Willians

Árbitro - Raphael Claus (Fifa/SP)

Renda e público - Não divulgados.

Local - Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)

Escrito por:

Agência Estado