Publicado 28 de Junho de 2015 - 18h41

Por Agência Estado

'Mão boba' durante levou Jara ser punido com suspensão de três jogos

Captura de vídeo

'Mão boba' durante levou Jara ser punido com suspensão de três jogos

O chileno Gonzalo Jara está fora da Copa América. O zagueiro foi suspenso por três jogos pela Conmebol, neste domingo (28), por causa da "mão boba" em Edinson Cavani durante o jogo das quartas de final da Copa América entre Chile e Uruguai.

Além de cumprir a suspensão na partida desta segunda-feira (29), a semifinal contra o Peru, o chileno está fora do próximo jogo (final ou decisão do terceiro lugar) e da estreia da sua seleção nas Eliminatórias Sul-Americanas para Copa do Mundo de 2018.

Acata

A federação chilena informou "não concordar, mas acatar" a decisão tomada neste domingo pelo brasileiro Caio Cesar Rocha, presidente do Comitê Disciplinar, o boliviano Alberto Lozada e o colombiano Orlando Morales.

Jara foi o protagonista do lance mais polêmica da Copa América ao provocar o atacante uruguaio com uma "mão boba", gesto flagrado pelas câmeras de TV, mas que não foi visto pelo árbitro da partida, o brasileiro Sandro Meira Ricci. Cavani revidou com um tapa no rosto e acabou expulso.

Ricci não relatou o fato na súmula, mas a Associação Uruguaia de Futebol reuniu registros da provocação para abrir um processo contra Jara, que acabou suspenso. Por sua vez, a Associação de Futebol Profissional do Chile denunciou sete jogadores rivais - os julgamentos acontecerão depois do final da competição.

Escrito por:

Agência Estado