Publicado 01 de Junho de 2015 - 19h05

Vamos àquela velha máxima desta coluna: num dia fraco na grade, escolha um clássico ou uma boa reprise. Fiquemos com a segunda opção, o drama brasileiro Entre Nós (Megapix, 17h50, 14 anos), de Paulo Morelli (2013). E, de forma salutar, o diretor investe num tipo de filme pouco comum ao cinema do País, pois envolve a classe média alta, jovens adultos e um universo de pessoas minimamente intelectualizadas. Ou, afeitas a livros, porque este é o tema. Quer dizer, um dos temas, porque a amizade é que os une. Sete jovens escritores viajam para uma casa de campo para celebrar a publicação do primeiro livro do grupo. Lá escrevem textos que só serão revelados após dez anos, porém, ao fim da viagem, um deles morre. Mesmo assim, eles se reencontram uma década depois para ler o que haviam escrito. E ocorre uma surpresa nada agradável que culmina com um acerto de contas com o passado. Destaque para o bom elenco de atores, entre eles, o ótimo Lee Taylor, Maria Ribeiro, Caio Blat, Paulo Vilhena e Carolina Dieckmann. Um filme que merece atenção.