Publicado 30 de Junho de 2015 - 5h30

Palco de uma série de acidentes, o balão do Galleria Shopping, no cruzamento da Avenida José Bonifácio com a Rua Engenheiro Homem de Mello, no Jardim Madalena, ganhará nova sinalização e um semáforo até agosto. Se necessário, também será instalado um radar. Segundo a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), o local também passará por reconfiguração geométrica da rotatória, considerada confusa pelos moradores e motoristas.

As obras começaram na última semana, com as medições das pistas e da rotatória. A Emdec informou ainda que os trabalhos de infraestrutura devem começar em 15 dias. O prazo de conclusão é de 60 dias. O projeto é do shopping, em acordo com a Emdec. O local, entroncamento das vias Engenheiro Homem de Mello, Dr. Antônio Duarte da Conceição e Dr. José Bonifácio Coutinho Nogueira, registra acidentes graves e preocupa os moradores do entorno. Além de ter entradas fechadas com bloquetes, a rotatória não teria sinalização aparente. A situação no local foi notícia no Correio em maio. São muitas freadas bruscas, batidas e riscos de atropelamento. Nos gramados, é possível ver estilhaços de vidros e partes de veículos batidos. Os moradores também dizem que o número de acidentes aumentou após o fechamento do acesso na Rodovia D. Pedro ao bairro, há seis meses.

No final de semana, o local registrou mais um grave acidente. Um homem de 73 anos ficou ferido e teve parte da mão decepada com a colisão entre seu veículo, um Uno, com um Spin. O Uno capotou e ficou virado na rua, após colidir lateralmente com o outro veículo. A vítima foi encaminhada ao Hospital de Clínicas. A família proibiu a divulgação do estado de saúde.

Em um grupo do Facebook fechado, os moradores do entorno da rotatória — são prédios e condomínios — trocam informações e divulgam fotos dos acidentes. “Acompanho as obras viárias, e notamos a quantidade de retalhos sendo feitos. São vários problemas. É um descaso”, disse o empresário Cassiano D’Andrea, de 49 anos. Segundo ele, é preciso rever a sinalização, com redutores de velocidade, sem semáforos. O morador disse que a comunidade cogita colocar lombadas por conta própria.

“O problema hoje é que os carros vêm em uma certa velocidade. Quando chegam neste cruzamento, não têm nada que faça reduzir”, disse a personal trainer Christiane Ziggiati Ferreira. A Emdec informou que o local “está sinalizado adequadamente”. Segundo o órgão, a velocidade máxima regulamentada no trecho é de 30km/h, mas que “há grande desrespeito às leis de trânsito”.

O secretário de Transportes, Carlos José Barreiro, afirmou que a rotatória está sinalizada adequadamente e dentro da lei para a circulação de tráfego do local. “Só ocorre acidente, porque as pessoas não respeitam a sinalização. No caso de ontem, o motorista não respeitou o ‘pare’”, disse. Ele afirmou que a Emdec resolveu fazer a mudança devido ao número de acidentes, incluindo semáforo e posteriormente, um radar, se necessário. “Vamos fazer com cuidado, pois já existe uma intervenção próxima, da concessionária. Será feita mais devagar, porque não dará para interromper o trânsito a todo momento”, disse.

Rodovia

A Rota das Bandeiras, responsável pela Rodovia D. Pedro I, informou que realizou um trabalho prévio, com órgãos municipais, incluindo visitas ao local e discussão de trajetos, devido à mudança no percurso. A concessionária informou também que “instalou placas de sinalização para orientar os motoristas”, mas que a fiscalização e gerência do trânsito nas vias municipais não são atribuições da concessionária. A obra de remodelação no Trevo do Galleria, no Km 131 da Rodovia D. Pedro I, tem previsão de conclusão para o segundo semestre de 2016.

A administração do Galleria informou que “firmou uma parceria colaborativa com a Prefeitura e se dispôs a elaborar um projeto de adequação da rotatória”. Segundo o centro comercial, o investimento foi de R$ 300 mil. O shopping informou que as obras de contrapartidas exigidas pela Prefeitura foram finalizadas para a inauguração de sua expansão, em 2012, e que no dia 25 de junho recebeu aprovação.

Carro derruba poste e fiação no trecho

Um carro bateu de frente com um poste na tarde de ontem, por volta das 14h, em outro acidente registrado na Rua Engenheiro José Francisco Bento Homem de Mello. O poste caiu na avenida atingindo a fiação elétrica e levando perigo para os motoristas que ficaram impossibilitados de acessar a via. Alguns veículos que vinham em maior velocidade, e que não conseguiam visualizar o acidente, e enroscavam na fiação, principalmente caminhonetes e caminhões. Um carro da Emdec passou no local por duas vezes, mas foi embora. Depois de acionados, dois agentes de trânsito chegaram até o local. O motorista do carro que bateu no poste, João Savio Martins da Rocha, de 56 anos, contou que dormiu ao volante. Ele disse que voltava do almoço quando ocorreu o acidente. “Foi tudo muito rápido, quando vi já tinha acontecido, só ouvi o barulho”, declarou Rocha, que ficou na avenida sinalizando o acidente. Ele não possuía o triângulo de segurança, acessório obrigatório para alertar condutores de que há um veículo parado na via. (Janaína Ribeiro/Especial para a AAN)