Publicado 30 de Junho de 2015 - 12h56

Bar foi assaltado durante a noite de segunda-feira e Henrique Santos Ferraz (desaque) foi assassinado por ter esquecido a chave do carro na ignição

Alenita Ramirez/AAN

Bar foi assaltado durante a noite de segunda-feira e Henrique Santos Ferraz (desaque) foi assassinado por ter esquecido a chave do carro na ignição

O instalador Henrique dos Santos Ferraz, de 26 anos, foi assassinado com um tiro na cabeça em um bar no bairro São Luiz, em Hortolândia, na noite da última segunda-feira (29). Este é o mais novo registro de latrocínio em Hortolândia.

O caso aconteceu por volta das 20h30 da última segunda quando Ferraz chegou ao bar que já estava sendo assaltado. Ao entrar no estabelecimento, o rapaz foi rendido por um dos assaltantes - a Polícia Militar acredita que quatro criminosos praticaram o crime - que pediu as chaves do seu carro, que estava estacionado em frente ao bar.

Como a chave estava na ignição do veículo, o rapaz tentou explicar que não estava com o objeto, mas o criminoso atirou contra a cabeça da vítima, que morreu na hora.

Após o disparo contra Ferraz, os criminosos deixaram o bar e fugiram em um veículo Gol, de outro cliente que já estava no estabelecimento quando eles chegaram. O carro foi abandonado a uma quadra do bar e os bandidos deram sequência na fuga à pé.

Segundo o relato da proprietária do bar, que não quis se identificar, os suspeitos foram muito hostis durante o crime e a agrediram durante toda a ação. Ela contou aos policiais que os criminosos renderam primeiro o seu sobrinho e depois entrar no estabelecimento, quando renderam outros dois clientes que estavam no local e a ela.

Os suspeitos a levaram para o fundo do bar, recolheram o dinheiro do caixa e objetos de valor e quando se preparavam para sair renderam o rapaz que chegava no momento da fuga.

A vítima não resistiu ao ferimento e morreu no local. Até o momento nenhum dos suspeitos envolvidos no crime foi identificado ou preso.