Publicado 30 de Junho de 2015 - 5h00

Por Da Agência Anhanguera

Trabalho é necessário para que se defina o ponto em que será feita a fundação para a construção de um novo viaduto

Reprodução/ Google Maps

Trabalho é necessário para que se defina o ponto em que será feita a fundação para a construção de um novo viaduto

A Concessionária Rota das Bandeiras interdita na terça-feira (30) a passagem inferior do Trevo do Carrefour, no Km 133 da Rodovia D. Pedro I (SP-65), em Campinas.

O bloqueio é válido para quem deixa a região do hipermercado e tem como destino o Parque Imperador ou deseja acessar a pista Norte (sentido Via Anhanguera) da rodovia.

A interdição ocorre para que engenheiros da Odebrecht Infraestrutura façam o mapeamento da rede de água e esgoto que passa pelo local.

O trabalho é necessário para que se defina o ponto em que será feita a fundação para a construção de um novo viaduto.

A ação será acompanhada por técnicos da Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento (Sanasa), mas a intervenção não afetará o abastecimento de água nos bairros da região.

Para minimizar os transtornos aos motoristas, a interdição ocorrerá a partir das 9h, com previsão de término às 15h, fora do horário de pico. Todo o trecho receberá sinalização especial.

Durante o período, os motoristas terão como opção pegar o sentido Sul (para Jacareí) da rodovia D. Pedro I e realizar o retorno um quilômetro à frente, no trevo próximo ao Sam’s Club.

Uma outra modificação no Corredor D. Pedro de rodovias prevista para hoje em Campinas é no Anel Viário Magalhães Teixeira (SP-83). A partir das 16h, será liberada uma nova alça no Trevo de Valinhos.

Quem trafega pela Avenida Engenheiro Antônio Francisco de Paula Souza e deseja acessar o anel viário, sentido Anhanguera, terá uma nova pista à disposição. Já a alça de quem trafega pelo anel viário sentido D. Pedro I e deseja seguir para Valinhos ou Campinas permanecerá interditada até o próximo sábado, 4 de julho.

A interdição, iniciada na semana passada, ocorre sempre fora do horário de pico, das 9h às 16h, para minimizar os impactos ao trânsito. O local passa por reparos no pavimento. 

Escrito por:

Da Agência Anhanguera