Publicado 05 de Junho de 2015 - 11h27

Por Sarah Brito

Imagem da Rua Oswaldo Oscar Barthelson, 713, onde vai funcionar a 2ª Delegacia Seccional, no Jardim Londres, em Campinas

Rodrigo Zanotto/AAN

Imagem da Rua Oswaldo Oscar Barthelson, 713, onde vai funcionar a 2ª Delegacia Seccional, no Jardim Londres, em Campinas

Duas pessoas foram assassinadas na manhã desta sexta-feira (5) no bairro Jardim São Domingos, e a suspeita é que o crime tenha ocorrido por cobrança de drogas. As vitimas são Emerson Rogério Rodrigues, de 25 anos, e Tatiane Lucia Rodrigues, de 31.

Eles foram achados em uma residencia na Avenida José Arnoldo Ambiel, às 7h30, sem vida. A PM chegou ao local e encontrou Rodrigues caido no chão, alvejado com quatro tiros no lado direito do rosto. As mãos estavam chamuscadas, em uma tentativa de defesa.

Dívida

Tatiane tinha dois tiros no rosto e um no pescoço. Ela estava deitada próximo ao corpo de Rodrigues. A PM colheu o testemunho de familiares. Eles afirmaram que o filho era usuário de crack e tinha desavenças por dívidas de drogas na região onde morava.

Dias antes, Rodrigues tinha sido cobrado em casa pelos traficantes e agredido por pessoas ligadas ao trafico. Na noite anterior ao crime, Rodrigues e Tatiana saíram da residencia em busca da droga e foram encontrados mortos na manha seguinte.

Os familiares disseram ainda que ele tinha passagem criminal, e chegou a ficar preso em Sorocaba, acusado de estupro, resistência e desacato policial. As perfurações seriam de armas de diferentes calibres. Um projetil foi recolhido na cena do crime. O caso foi registrado na 2ª Seccional, que investiga o caso. Os corpos foram encaminhados para o IML (Instituto Médico Legal para exame.

Escrito por:

Sarah Brito