Publicado 04 de Junho de 2015 - 14h12

Gruta dos Romeiros é usada hoje por usuários de droga

Cedoc/RAC

Gruta dos Romeiros é usada hoje por usuários de droga

A mulher encontrada morta no dia 27 de maio em uma gruta existente na Estrada Parque, em Itu (SP), na região de Sorocaba, também conhecida como Estrada dos Romeiros, foi identificada pela família, nesta quarta-feira (3). Ela é Juvenis Aureliano Luca, de 35 anos.

Familiares procuraram a polícia para saber se ela era a vítima divulgada pela imprensa, pois estava desaparecida há dias. Embora o rosto da mulher tenha ficado desfigurado, a família reconheceu roupas e outros detalhes pelo corpo. Juvenis não portava documentos.

Para a polícia, a morte não está esclarecida ainda. De acordo com os exames realizados, a vítima foi assassinada com um bloco de concreto. Não se sabe ainda se o crime ocorreu no local ou se o corpo foi levado para lá depois, já que a gruta está em ruínas e abandonada.

Usuários de drogas

O local não é mais usado por romeiros que vão a Pirapora do Bom Jesus como antigamente. Hoje ele abriga usuários de drogas. O espaço onde a mulher foi encontrada era um restaurante há alguns anos. Naquele ponto funcionavam também algumas barracas de comestíveis.

Os policiais encontraram o corpo no dia 27 depois de serem informados por uma ligação anônima. A gruta fica no km 86. Denúncias sobre motivação e autoria do crime podem ser passadas por meio do Disque-Denúncia (181) ou nos: (11) 4024-3812 e (11) 4023-2187.