Publicado 03 de Junho de 2015 - 15h25

Por Alenita Ramirez

Uma cabeleireira de 34 anos ficou duas horas nas mãos de dois bandidos, um açougueiro de 19 anos e um adolescente de 16 anos, e ainda foi obrigada a dirigir durante o sequestro relâmpago, na noite de terça-feira (2) em Hortolândia. A dupla foi presa pela PM quando ainda rodava com a vitima.

A moça foi atacada quando estava em um semáforo. O menor estava com a arma. Ela foi obrigada a dirigir até Monte Mor, onde foram a uma agência bancária, mas não conseguiram sacar nada porque o local estava fechado.

A vítima foi obrigada a dirigir por vários locais e a parar em um local ermo. No local, abriram o porta-malas, viram que não havia nada de valor e a mandaram seguir, sempre a ameaçando de morte. O menor estava sentado no banco traseiro.

Uma testemunha passou os dados para a PM, que conseguiu achar o carro na avenida Santana, perto da praça Chico Mendes, no parque Hortolândia, em Hortolândia.

A dupla foi detida e presa. O carro foi apreendido porque estava com a documentação atrasada. Nada da vítima foi levado. 

Escrito por:

Alenita Ramirez