Publicado 05 de Junho de 2015 - 10h45

Por Agência Estado

Policiais militares do Batalhão de Choque reforçaram sua presença na comunidade do Borel, na Tijuca, na Zona Norte do Rio na manhã desta sexta-feira (5), após um tiroteio na tarde de quinta-feira (4) ter ferido um PM. O Borel, onde há uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) desde 2010, não registrou nenhum homicídio em 2014, de acordo com o Instituto de Segurança Pública (ISP).

Segundo a assessoria de imprensa das UPPs, na tarde desta quinta-feira, policiais que faziam um patrulhamento nas proximidades do Largo do 15 foram atacados por traficantes. Houve troca de tiros. Um policial foi atingido de raspão na mão e levado para o Hospital do Andaraí, no bairro de mesmo nome, na zona norte. Ele passa bem. Nenhum suspeito envolvido no tiroteio foi preso.

Escrito por:

Agência Estado