Publicado 03 de Junho de 2015 - 9h54

Por Agência Estado

Número de desocupados, segundo IBGE, é de 1,3 milhão em outubro

Cedoc/RAC

Número de desocupados, segundo IBGE, é de 1,3 milhão em outubro

 A taxa de desemprego medida pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua ficou em 8,0% no trimestre até abril, o que representou aumento em relação a igual período de 2014, quando estava em 7,1%, informou nesta quarta-feira, 03, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com o resultado, a taxa de desocupação atingiu patamar idêntico ao observado no primeiro trimestre de 2013 (8,0%). Em ambos os casos, é o maior nível já observado na série, iniciada em janeiro de 2012.

O IBGE apresenta o cálculo em trimestre móvel, pois a metodologia de coleta e cálculo da pesquisa impede isolar os dados apenas de um mês.

Para o trimestre encerrado em abril deste ano, a renda média real do trabalhador foi de R$ 1.855,00. O valor é 0,4% menor do que em igual período de 2014. Já a massa de renda real habitual paga aos ocupados somou R$ 165,5 bilhões, alta de 0,4% na mesma base de comparação.

Veja também

Escrito por:

Agência Estado