Publicado 01 de Junho de 2015 - 9h45

Por Agência Estado

 Pedro Arthur Britto Santa Cruz levou duas facadas durante assalto em trem

Captura de vídeo/TV Globo

Pedro Arthur Britto Santa Cruz levou duas facadas durante assalto em trem

A Polícia Civil identificou nesta segunda-feira (1º) o suspeito de ter esfaqueado o estudante Pedro Arthur Britto Santa Cruz, de 18 anos, dentro de um trem da SuperVia no último sábado (30). A Justiça já expediu, no plantão judiciário, um mandado de prisão temporária contra Michael Douglas Gonçalves da Silva, de 19 anos. Agentes da 24ª Delegacia de Polícia (Piedade) realizam buscas por Silva pela manhã na região de Campinho, na zona norte. O homem foi indiciado por roubo seguido de lesão corporal grave.

A imagem do homem que praticou o assalto havia sido divulgada no domingo, 31. Nela, o suspeito aparece correndo depois de praticar o roubo e esfaquear o estudante. Cruz, aluno do Colégio Pedro II, estava indo para a aula quando foi assaltado. Ao reagir, levou ao menos duas facadas no braço. No Hospital Salgado Filho, foi submetido a uma cirurgia e passa bem.

A família afirma que Pedro não foi atendido prontamente por funcionários da SuperVia e teve ajuda apenas de dois passageiros para receber socorro.

Em nota, a concessionária SuperVia afirmou que "lamenta o incidente e está mobilizada para prestar o auxílio necessário à polícia nas investigações, fornecendo as imagens registradas pelo circuito interno de segurança para identificar o infrator". A empresa disse ainda ter disponibilizado uma equipe de assistentes sociais par acompanhar o estado de saúde de Pedro no Hospital Salgado Filho.

Escrito por:

Agência Estado