Publicado 01 de Junho de 2015 - 9h32

Por Agência Estado

Em 2011, 3,2% dos novos consumidores ficaram com pendências no cartão

Cedoc/RAC

Em 2011, 3,2% dos novos consumidores ficaram com pendências no cartão

Na semana em que o Comitê de Política Monetária (Copom) volta a se reunir para definir o rumo dos juros, o mercado financeiro manteve suas estimativas de que a Selic avançará 0,50 ponto porcentual esta semana. Aumentou, porém, a previsão para a taxa básica no final deste ano. No lugar da estimativa de 13,75% ao ano, que já será vista esta semana, de acordo com a Focus, no encerramento de 2015, o novo patamar da Selic será de 14,00% ao ano.

Estas projeções constam do Relatório de Mercado Focus, divulgado na manhã desta segunda-feira (1) pelo Banco Central e foram formatadas depois de uma ata mais 'hawkish' e de discursos igualmente duros sobre o combate à inflação dos membros do Copom. A ação mais recente do colegiado foi a de aumentar a taxa básica de juros de 12,75% ao ano para 13,25% ao ano e, depois da divulgação do documento sobre a reunião, o mercado entendeu que o BC continuará com sua política de elevação de juros. A próxima reunião começa nesta terça-feira, 02, e o veredicto será dado na quarta-feira à noite.

Elevação

Há um mês, a estimativa observada no boletim era de que a Selic encerrasse 2015 em 13,50% ao ano. Com isso, a taxa média esperada para este ano passou de 13,38% ao ano para 13,50% ao ano. Quatro semanas antes, essa taxa média estava em 13,22% ao ano. Já para os economistas que mais acertam as projeções para o rumo da taxa básica de juros, o Top 5 no médio prazo, a Selic encerrará este ano em 13,75% ao ano, igual à previsão da semana anterior.

No caso do fim de 2016, a mediana das projeções permaneceu em 12 00% ao ano. Com isso, a previsão para a Selic média do ano que vem passou de 12,25% para 12,30% ao ano. No caso dos Top 5, para 2016, a expectativa do grupo é de que a taxa fique em 12% ao ano mesma previsão verificada há 10 semanas.

Escrito por:

Agência Estado