Publicado 30 de Junho de 2015 - 15h17

Por France Press

O secretáro de Estado americano John Kerry designou nesta terça-feira um novo delegado especial para o fechamento da prisão militar de Guantánamo, em Cuba, um projeto promovido pelo presidente Barack Obama.

Lee Wolosky, um advogado que trabalho para o

Conselho de Segurança Nacional durante as presidências de Bill Clinton e George W. Bush, terá a responsabilidade de "organizar a transferência dos detentos para o exterior", indicou Kerry em um comunicado.

Wolosky sucederá Cliff Sloan, que renunciou em dezembro passado, e deverá supervisionar a situação dos detentos cuja transferência ainda não foi aprovada.

Desde que chegou ao poder, em 2009, Obama não desistiu de cumprir com sua promessa de fechar a prisão de Guantánamo, criada para os suspeitos de terrorismo depois dos atentqdos nos Estados Unidos em 11 setembro de 2001. Ao todo, 116 homens continuma na prisão militar.

Escrito por:

France Press