Publicado 02 de Junho de 2015 - 15h19

Por France Press

Um homem que era vigiado por suposto terrorismo foi morto nesta terça-feira por um agente do escritório federal de investigações americano (FBI) em Boston (nordeste), depois de enfrentar as forças de segurança com uma faca de "estilo militar", indicou o chefe da polícia local.

O indivíduo, cuja identidade não foi revelada, negou-se a acatar a ordem de largar sua arma feita por membros da Força Conjunta de Trabalhos contra o Terrorismo na porta de uma farmácia da cidade, informou o delegado William Evans em uma coletiva de imprensa.

"Os oficiais estiveram vigiando-o e queriam falar com ele. Ele se virou e nossos oficiais ordenaram várias vezes que ele abaixasse a arma. Infelizmente avançou contra eles e os oficiais fizeram o que estão treinados para fazer", declarou Evans.

Segundo o jornal Boston Globe, que cita um porta-voz policial, o homem tinha entre 20 e 30 anos e traços de uma pessoa do Oriente Médio.

As autoridades vasculhavam um apartamento próximo ao local dos incidentes como parte da investigação, de acordo com a mesma fonte.

Escrito por:

France Press