Publicado 02 de Junho de 2015 - 9h56

Por France Press

Ataque contra delegacia iraquiana deixou ao menos 37 policiais mortos

France Press

Ataque contra delegacia iraquiana deixou ao menos 37 policiais mortos

O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) reivindicou nesta terça-feira o ataque suicida com carro-bomba contra uma base da polícia ao norte de Bagdá que deixou 37 mortos.

Em um comunicado divulgado na internet, o EI afirma que três suicidas cometeram o atentado de segunda-feira. Um somali avançou com um carro blindado contra a base, enquanto um tadjique e um sírio detonaram um veículo Humvee e um caminhão repleto de explosivos nas imediações.

O ataque, que também deixou 30 feridos, foi cometido contra a polícia federal entre a cidade de Samarra e o lago Tharthar, na província de Saladino.

À medida que avançou no Iraque, o EI se apoderou de veículos blindados e tanques abandonados pelas tropas iraquianas. Os automóveis são utilizados para cometer atentados.

Escrito por:

France Press