Publicado 01 de Junho de 2015 - 9h12

Por France Press

O cadáver de uma mulher colocado dentro de uma mala apareceu em um guarda-volumes da estação de trens de Tóquio, onde permaneceu por ao menos um mês, indicou nesta segunda-feira a polícia japonesa.

A mala foi abandonada no fim de abril e depois transferida a um depósito, segundo a imprensa. Após um mês sem que ninguém a solicitasse, as autoridades da estação decidiram abri-la e encontraram o cadáver.

"Sentimos um cheiro estranho quando abrimos a mala e depois vimos cabelo", explicou um porta-voz à imprensa.

O corpo pertence a uma mulher de 70 a 90 anos que mede 140 centímetros e foi colocado em uma mala de 70 x 50 centímetros.

A polícia não tem até o momento nenhuma pista da identidade da mulher, mas está examinando as câmeras de vigilância da estação de Tóquio, uma das mais movimentadas do Japão, com cerca de 150 milhões de passageiros ao ano, segundo dados da companhia ferroviária JR East.

Escrito por:

France Press