Publicado 29 de Junho de 2015 - 18h35

Por Alenita Ramirez

Um pedreiro de 30 anos foi preso quando carregava cerca de 200 quilos de fios de cobre na madrugada desta segunda-feira (29), no Jardim Residencial Firenze, em Hortolândia.

Rafael Pedro estava com dois comparsa em um Fiat Tipo quando avistou uma viatura da Polícia Militar (PM) e tentou fugir a pé, mas foi alcançado e detido.

Os comparsas fugiram. A prisão de Pedro ocorreu quatro dias depois que sete pessoas foram presas em um ferro-velho na Vila Real, suspeita de integrar uma quadrilha de furto de fios de cobre. O pedreiro mora no bairro Recanto do Sol.

A prisão ocorreu durante patrulhamento de rotina pela Estrada Municipal Pedrina Guilherme. Os policiais avistaram o carro e quando o motorista viu a viatura fugiu em alta velocidade, mas em uma curva se perdeu após bater em um toco de árvore.

O pedreiro negou qualquer crime e disse que estava como carona no veículo. Em poder dele os policiais acharam uma lanterna com dispositivo para fixá-lo na testa, do tipo lanterna para minerador, além do celular e dos fios no carro. Os fios foram avaliados em R$ 2,4 mil.

Quadrilha

Na quinta-feira passada, sete pessoas foram presas, inclusive um agente penitenciário, e três foram baleadas durante uma operação do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) para desmontar quadrilha de furto de cobre retirado de cabos de telefonia subterrâneos.

Dentre os baleados estavam um policial do Deic e dois funcionários do ferro-velho. Cerca de 13 toneladas de cobre, avaliadas em cerca de R$ 90 mil, foram apreendidas.

Escrito por:

Alenita Ramirez