Publicado 08 de Maio de 2015 - 15h31

Por Delminda Aparecida Medeiros

Workshop internacional apresenta espetáculo

Delma Medeiros

DA AGÊNCIA ANHANGUERA

[email protected]

A equipe do Open Program, um dos núcleos do Workcenter of Jerzy Grotowski and Thomas Richards, grupo de pesquisa artística radicado em Pontedera, na Itália, está em Campinas com o projeto Cantando Estradas: Encontros com o Open Program para uma série de atividades. Esta semana, o diretor do Open, Mário Biagini, discípulo de Grotowski, coordenou um workshop na Casa de Cultura Tainã, do qual participaram grupos locais que atuam no resgate e preservação da cultura negra. O resultado desse trabalho é o espetáculo Electric Party Songs, que será apresentado hoje, gratuitamente, na sede da Tainã, com entrada franca.

O espetáculo, do repertório do Open Program, consiste em um fluxo de canções, danças e ações baseadas no repertório afro-americano do sul dos Estados Unidos e na poesia de Allen Ginsberg. “O Open Program faz um intenso trabalho de pesquisa dos cantos tradicionais afro-americanos. Em Campinas, o projeto realiza encontros com as comunidades que promovem a cultura negra, agregando seus integrantes ao espetáculo. A equipe ficou esta semana hospedada na Casa de Cultura Tainã, onde também ocorreu o workshop”, explica Suellen Leal, produtora executiva do projeto. “A proposta é de encontro, assim, convidamos o público a levar algo para compartilhar, um alimento, uma bebida. No intervalo e no final do espetáculo teremos esse momento de partilha”, informa Suellen.

“O espetáculo faz uma integração do cancioneiro urbano - inspirado no blues, rock, pop, ópera e punk -, com fontes tradicionais, explorando os modos de cantar e o ato musical. Isso resulta em processos performáticos que catalisam contatos e inserções humanas, num contexto informal e íntimo, convidando e acolhendo os espectadores”, diz Suellen.

“O Open faz um resgate interessante dos cantos escravos americanos, um trabalho de grande profundidade, com interpretação dos cantos e da linguagem corporal”, afirma Antonio Carlos dos Santos Silva, o TC, coordenador da Tainã. “Está sendo uma experiência muito rica.” Além da Tainã participaram do workshop a equipe do Open, integrantes das comunidades Jongo Dito Ribeiro e Urucungos, atores do Lume Teatro e alunos da Unicamp.

Cantando Estradas: Encontros com o Open Program foi idealizado pelo ator e produtor Luciano Mendes de Jesus que em 2014 integrou a equipe do Open Program em suas atividades de pesquisa em Pontedera. De volta ao Brasil, junto com a produtora Palipalan de Arte e Cultura, apresentou o projeto, que foi contemplado pelo Programa de Ação Cultural (ProAC), do governo do Estado. Na próxima quarta-feira, o Open Program e o Lume teatro realizam um encontro público em que conversarão sobre suas trajetórias artísticas.

Saiba mais

O Workcenter of Jerzy Grotowski and Thomas Richards foi fundado em 1986 pelo diretor polonês Jerzy Grotowski, a convite do Centro per la Sperimentazione e la Ricerca Teatrale. Neste espaço, Grotowski, um dos mais influentes artistas da história do teatro, iniciou e desenvolveu, até sua morte em 1999, a última fase de suas pesquisas criativas denominada Arte como Veículo. Continuam o projeto Thomas Richards (EUA) e Mario Biagini (Itália), respectivamente diretor artístico e diretor associado do Workcenter. (DM/AAN)

Agende-se

O quê: Espetáculo Electric Party Songs

Quando: Hoje, às 20h

Onde: Casa de Cultura Tainã (Rua Inhambu, 645, Vila Padre Manoel de Nóbrega, fone: 3228-2993)

Quanto: Entrada franca

Escrito por:

Delminda Aparecida Medeiros