Publicado 06 de Maio de 2015 - 18h15

Por Paulo César Dutra Santana

A Ponte Preta recebeu ontem mais dois atacantes para reforçar seu elenco na disputa do Campeonato Brasileiro. Felipe Azevedo, que estava no Sport e era tratado como reforço desde a semana passada, finalmente chegou e assinou contrato. Cesinha, que tem seus direitos ligados ao Bragantino e defendeu o Atlético-MG, desembarcou em Campinas para passar por exames médicos.

O técnico Guto Ferreira aprovou a vinda de Felipe Azevedo. “Apesar de ser atacante, não é de fazer muitos gols. Mas tem muita utilidade jogando pelas laterais do campo por sua velocidade e força. Certamente, irá acrescentar bastante ao nosso elenco”, comentou o treinador.

Cesinha, que estava negociando com a Chapecoense, fez parte do grupo que conquistou o título mineiro pelo Galo no último domingo. Mas, emprestado desde outubro do ano passado, foi pouco utilizado por Levir Culpi. Foram apenas seis partidas pela Série A de 2014, um jogo pela Libertadores deste ano e outros seis pelo Campeonato Mineiro.

Aos 25 anos, com 1,77 metro e 74 quilos, Cesinha vestiu a camisa de outros seis clubes na carreira. Paulista de Santa Albertina, ele começou na fase do Corinthians, onde se tornou profissional em 2010. Depois, passou pelo Osvaldo Cruz (10), União Barbarense (11, 12 e 13), Audax (2011) e Bragantino (12, 13 e 14).

O volante Fernando Bob, que estava na mira do Santos, garantiu ontem que vai continuar na Ponte até o final do Brasileiro. “É fato que houve sondagem do Santos, mas no momento não tenho interesse de sair. Tanto eu como meu representante e a Ponte entendemos que devo ficar por aqui agora”, explicou. (PS/AAN)

Escrito por:

Paulo César Dutra Santana