Publicado 06 de Maio de 2015 - 11h57

Por Agência Estado

Com dores no joelho direito, Ricardo Oliveira (à direita) teve que deixar o treino mais cedo

Divulgação

Com dores no joelho direito, Ricardo Oliveira (à direita) teve que deixar o treino mais cedo

O título de campeão do Campeonato Paulista ainda está sendo comemorado e o Santos já volta a campo, desta vez, pela rodada de ida da segunda fase da Copa do Brasil. Para tentar escalar um time focado na partida, o técnico Marcelo Fernandes resolveu dar folga para quase todos os titulares e vai encarar o Maringá, nesta quarta-feira, às 22 horas, no estádio Willie Davis, em Maringá (PR), com uma formação reserva.

A exceção é o goleiro Vladimir. Os demais não começaram jogando contra o Palmeiras no domingo passado. Além de poder dar folga aos campeões, o treinador aproveita para ver alguns atletas em ação e começar a pensar com quem pode contar no Campeonato Brasileiro.

Casos, por exemplo, de Elano e Gabriel. O primeiro, experiente, não consegue se firmar entre os titulares, mas parece ter importância no dia a dia e no relacionamento do grupo. Já o atacante se vê envolvido em uma possível negociação com o Milan para tentar manter Robinho na Vila Belmiro e precisa resgatar o bom futebol que fez com que ele se tornasse uma grande esperança e cobiçado por gigantes da Europa.

Depois de comemorar o título paulista, Robinho diz que o que mais quer agora é ficar na Vila Belmiro. "O meu desejo é continuar no Santos, mas isso depende de os dirigentes entrarem em acordo com o Milan", disse o atacante.

Ele confirma que recebeu algumas sondagens de clubes brasileiros entre eles o Cruzeiro, mas não parece ter se empolgado muito. "Sondagens sempre acontecem, mas minha vontade é ficar no Santos". Robinho fugiu até da pergunta feita pela reportagem - se não preferiria jogar em outro time brasileiro caso não haja acordo para permanecer na Vila Belmiro a ter de voltar para a Europa. "Minha preferência é o Santos".

O Maringá tem dois desfalques importantes. O atacante Edmar, autor do gol da classificação sobre o Madureira, torceu o pé e o meia Danilo Rios, destaque do time, acertou com o Sampaio Corrêa.

Escrito por:

Agência Estado