Publicado 05 de Maio de 2015 - 10h43

Por Renata Rondini

Gladstone chega ao Guarani como reforço da zaga alviverde

Divulgação

Gladstone chega ao Guarani como reforço da zaga alviverde

As novas caras do elenco bugrino para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série C começam a pintar hoje no Brinco de Ouro. O zagueiro Gladstone, eleito o melhor da posição no Campeonato Goiano de 2015 atuando pelo Itumbiara, já fechou acordo com o clube, apesar da diretoria ainda não ter anunciado nenhum reforço.

O jogador de 30 anos nem participou da festa de premiação da Federação Goiana de Futebol, realizada ontem à noite, por conta da vinda para Campinas hoje (ele estava em Belo Horizonte, onde vive sua família). Revelado pelo Cruzeiro no início dos anos 2000, o zagueiro capixaba já defendeu equipes no Exterior e diversas do futebol nacional.

Antes de atuar neste início de ano pelo Itumbiara, Gladstone estava no Gil Vicente, de Portugal. O jogador também já teve passagens por Juventus (Itália), Sporting (Portugal), Vaslui (Romênia), Palmeiras, Náutico e Portuguesa, além de ter disputado amistosos com a Seleção Brasileira, depois da Copa da Alemanha, na primeira passagem de Dunga como treinador. Ele foi convocado em novembro de 2006 para duelo com a Suíça e em setembro de 2007 para confrontos com Estados Unidos e México.

Gladstone garante que não pensou duas vezes em aceitar a proposta do Guarani. “É uma grande vitrine. Quando surgiu a oportunidade de vir para o Guarani, não pensei duas vezes. O clube não vive no momento uma situação favorável, mas não deixa de ser um time grande e o futebol paulista é sempre uma grande vitrine. Meu objetivo é fazer uma boa Série C e conquistar o acesso para ter a chance de disputar a Série B no próximo ano”, comentou.

O fato de já ter trabalhado com o técnico Ademir Fonseca no ABC e CRB também pesou na vinda do zagueiro para Campinas. “Foi um motivo a mais. Conheço o caráter do treinador e é um cara que abraça a causa, o que bate com o meu perfil também”, afirmou Gladstone, que chega a Campinas sozinho, mas pretende trazer a família na sequência. “Venho primeiro montar a estrutura, achar apartamento, escola para os meus filhos e mais para frente vou trazê-los sim.”

O time do Guarani se reapresenta hoje à tarde e alguns atletas vão se reunir com o superintendente de futebol Lucas Andrino para discutir os contratos de permanência no Brinco, como é o caso do centroavante Nunes. O clube tem a intenção de mantê-lo, mas questões salariais precisam ser analisadas. A lista de dispensas também deve anunciada hoje.

Escrito por:

Renata Rondini