Publicado 31 de Maio de 2015 - 10h00

Por Vilma Gasques - Especial para Metrópole

Ordem é expandir

Divulgação

Ordem é expandir

Ordem é expandir

Se a economia brasileira não vai bem e alguns setores sofrem com a queda nas atividades, o mesmo não ocorre com os shopping centers de Campinas. Os centros de compras continuam investindo em expansão e modernização e mais de R$ 400 milhões estão sendo aportados este ano para atrair os clientes.

Os empresários apostam em novidades, mais conforto e marcas exclusivas para elevar as vendas e o fluxo de público. Os números da economia da Região Metropolitana de Campinas (RMC) são um bom motivo para manter as apostas aqui. O faturamento do comércio varejista no ano passado atingiu R$ 17,4 bilhões. A expansão dos centros de compras é um reflexo da demanda que a região apresenta.

Dados da Associação Comercial e Industrial de Campinas (Acic) apontam que a cidade conta com dez shopping centers e oito malls. O faturamento do setor este ano deve chegar a R$ 11 bilhões, o que significa que a fatia de faturamento dos centros de compras em relação a todo o comércio da cidade será de 44%. “As expansões dos shoppings vão ampliar o número de operações, tanto na área de varejo como no setor de gastronomia e lazer.

No ano passado, havia 1.724 lojas nos centros de compras; neste ano teremos 1.887, um aumento de 9,4%. Também deve haver alta de 5,3% no movimento de clientes e o fluxo deve chegar a 400 mil visitantes por dia”, informa Laerte Martins, diretor do Departamento de Economia da Acic. “A cidade representa hoje 6% do movimento dos shopping centers no Brasil. Até 2020, a previsão para Campinas é a construção de pelo menos mais um shopping”, avalia.

As localizações desses empreendimentos são estratégicas, possibilitando que sejam acessados por moradores de todas as regiões. Ao longo da Rodovia D. Pedro estão o Parque D. Pedro Shopping, o Galleria Shopping e o Shopping Iguatemi Campinas. Já o Campinas Shopping fica no entroncamento das rodovias Anhanguera e Santos Dumont. O Parque das Bandeiras, com uma vocação voltada à população da região Sudoeste da cidade, fica no corredor da Avenida John Boyd Dunlop. Os malls e shoppings menores atendem à população do Centro, de bairros como Cambuí, Nova Campinas e Gramado e dos distritos.

Com esse movimento de expansão e modernização dos shopping centers de Campinas, o número de funcionários, que no ano passado era de 31.878 deve subir para 32.675 trabalhadores. 

Shopping Iguatemi

Ordem é expandir

Um dos principais investimentos do setor foi  foi feito no Shopping Iguatemi Campinas. No final de abril, mais 104 espaços para lojas foram inaugurados, com aportes de R$ 190 milhões. “Temos um compromisso de longo prazo estabelecido com a cidade e a região. Acabamos de completar 35 anos em Campinas, e em todo esse período estivemos atentos às oportunidades e às demandas para seguir encantando e atendendo nossos clientes com o máximo de excelência possível”, comenta André Moreno, gerente-geral do empreendimento.

Segundo ele, havia uma grande demanda de marcas que queriam se instalar na cidade e era preciso oferecer áreas para essas empresas. Além disso, havia o desejo dos clientes por novas operações. “Agora, temos mais duas lojas âncoras, 79 lojas satélites, um novo cinema, cinco novos restaurantes e mais uma praça de alimentação, além de 1,3 mil vagas extras cobertas no estacionamento. Há operações como GAP, Zara Home, Sephora, Diesel e The North Face, entre outras”, observa.

Para o executivo, o processo será consolidado nos próximos meses, com novidades a cada semana, como a instalação de uma academia numa área de 2 mil metros quadrados e um novo complexo de cinemas Cinemark, com três salas Prime. “Nossas expectativas são excelentes. Acreditamos que o fluxo de frequentadores, que é de 1,9 milhão de pessoas por mês em média, crescerá entre 20% e 25%”, comenta.

Foto: Divulgação

André Lupo, superintendente: investimentos de R$ 24,8 milhões

André Lupo, superintendente: investimentos de R$ 24,8 milhões

 Parque D. Pedro Shopping

Também há novidades no Parque D. Pedro Shopping, inaugurado em Campinas há 13 anos e que trouxe para a cidade um conceito temático e setorizado. O centro de compras, que recebe em média 1,7 milhão de visitantes por mês, deve consolidar este ano seu plano de expansão comercial com novas lojas âncoras, nova ala gastronômica, cobertura da Alameda Parque D. Pedro e mais uma entrada. Os investimentos devem chegar a R$ 24,8 milhões.

Nesta nova fase, a grande atração é a loja Forever 21, inaugurada há dez dias. “O Parque D. Pedro Shopping é o maior empreendimento administrado pela Sonae Sierra Brasil e está sempre se modernizando, revitalizando seu espaço e ampliando seu mix de lojas.

Com a nova expansão, trouxemos novidades exclusivas, como a Forever 21, que escolheu o shopping para abrir sua maior loja no País”, diz André Lupo, superintendente do Parque D. Pedro, sobre a loja que tem 2 mil metros quadrados.

O plano de expansão conta, ainda, com as âncoras Preçolândia (Ala das Pedras), especializada no segmento de presentes, enxoval, utilidades e utensílios domésticos; Magazine Luiza (Ala das Pedras) e Ikesaki Cosméticos (Ala das Colinas), referência para profissionais de beleza.

Os apreciadores da boa mesa não ficaram de fora dos planos do empreendimento. Uma nova área dedicada à gastronomia reunirá sete restaurantes. A inauguração dessa ala está prevista para o final deste ano e o acesso será por uma nova entrada, situada entre a das Flores e a das Árvores. Entre as opções já confirmadas estão L’Entrecôte de Paris, Madero, Bacio di Latte (gelateria) e Jangada Restaurante (especilizado em peixes).

 

Campinas Shopping

Ordem é expandir

O Campinas Shopping não para de crescer e diversificar as operações para atender às mais de 800 mil pessoas que passam todo mês pelo local. Agora, totalmente revitalizado, o centro de compras está sendo ampliado em mais 4,9 mil metros quadrados para receber lojas, franquias, restaurantes e serviços. Estão incluídas na lista de novidades a nova logomarca do shopping e o site, cuja identidade visual foi modificada. Já foram entregues o novo layout da praça de alimentação, a reforma e a ampliação dos banheiros. No ano passado, novas operações chegaram ao shopping; neste ano, já foram inauguradas outras como o Estúdio da Sobrancelha, franquia especializada em procedimentos e design de sobrancelhas; Touch Cape, quiosque de acessórios e assistência técnica para celulares e computadores; Sucão e Olha o Churros.

“Fazem parte da expansão também a unidade do Detran, inaugurada este mês e que oferece serviços como retirada e renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), licenciamentos e transferências de veículos; a Rafarillo, loja de calçados masculinos, e o quiosque Pamonhas de Piracicaba. Ainda são aguardadas grandes lojas como, C&A, Preço Center (presentes) e Centauro (artigos esportivos). Todas têm com previsão de inauguração até o final deste semestre”, garante Bruno Barros, superintendente do empreendimento.

Barros diz ainda que o Campinas Shopping, localizado na região Oeste de Campinas, abrange uma população estimada de 600 mil habitantes e com grande perspectiva de desenvolvimento, especialmente por conta da expansão do Aeroporto Internacional de Viracopos, localizado há 15 minutos do shopping. “Sua área de abrangência ainda compreende as cidades vizinhas, com cerca de 900 mil habitantes, que também representam inúmeras possibilidades de crescimento”, avalia.

Um dos diferenciais do centro de compras é a alameda de serviços, que conta com unidade do Poupatempo, posto da Polícia Federal, Correios, casa de câmbio e academia. O segmento foi reforçado com a unidade do Detran.

“Outra aposta é no entretenimento e lazer, pois existem dez salas de cinemas e diversas atrações, como o Música na Praça, um projeto do qual artistas renomados da região participam aos domingos apresentando diversos estilos musicais, na Praça de Alimentação do piso G1, das 13h30 às 16h30.”

Galleria Shopping

Ordem é expandir

Considerado um shopping ao ar livre, com jardins e cachoeiras em meio às lojas, o Galleria Shopping, que pertence à Iguatemi Empresa de Shopping Center, continua apostando no potencial do mercado campineiro. A última expansão, em 2012, comprovou que o desenvolvimento do entorno do empreendimento gera uma demanda de produtos e serviços. “Além da expansão, o shopping passa por um constante processo de revitalização e modernização de suas instalações. No final do ano passado, inauguramos uma nova praça de alimentação e um elevador que dá acesso ao estacionamento inferior”, comenta a gerente-geral do Galleria, Alessandra Furtado.

Foto: Divulgação

Alessandra Furtado, gerente-geral: novidades em breve

Alessandra Furtado, gerente-geral: novidades em breve

Com essa reforma, segundo Alessandra, a praça de alimentação ficou mais ampla, bonita e moderna, com mobiliário contemporâneo. “Com a expansão, reforçamos o mix de lojas com grandes marcas nacionais e internacionais. No total, são 63 novas operações, incluindo duas lojas âncoras, quatro megalojas, dois restaurantes e 55 lojas satélites. O shopping passou a contar com mais de 200 lojas”, observa.

Alessandra ressalta que o empreendimento vive um intenso processo de renovação das operações desde 2007. “Após o início da gestão Iguatemi, além das lojas da expansão, mais de 80 importantes marcas vieram para cá. Entre as operações que chegaram nos últimos tempos, podemos citar marcas exclusivas como Cantão, Clube Morena Rosa, Salinas e Acessorize, além de grandes nomes como Daitan, Outback Steakhouse, Pandora, Qoy Chocolate Experience, Skechers, Los Paleteros e Keune, que será inaugurada em breve”, destaca.

A executiva deixa uma dica no ar. “Não posso adiantar detalhes, mas no próximo ano devemos receber mais uma importante loja âncora, que tornará o mix do Galleria Shopping ainda mais completo”, garante.

Alessandra diz ainda que o Galleria mantém sua estratégia de promover ações e eventos diferenciados ao longo do ano. Em 2015, já foram realizadas programações voltadas às mulheres, eventos culturais e de entretenimento, como Gloob para Brincar e caças aos ovos de Páscoa, exposição de fotos e promoções. Para o Dia dos Namorados, o empreendimento terá a ação Comprou, Ganhou, em que os clientes serão presenteados com kits de produtos Nívea.

“Isso sem falar em eventos como o Galleria Gourmet, cuja sétima edição termina hoje. E há também o Festival de Cinema Open Air, que será realizado no início do segundo semestre, e a semana de desfiles Inspire Galleria, marcada para setembro. Buscamos o melhor para surpreender sempre”, diz.

Shopping Jaraguá

Ordem é expandir

Com objetivo de oferecer praticidade aos consumidores do Centro e das imediações, o Shopping Jaraguá Conceição, inaugurado em 1996, é parte de um complexo multiuso que também conta com o Centro Empresarial Conceição, uma torre comercial com 448 salas. Seu mix de lojas tem como foco a conveniência para atender à demanda do público que frequenta o espaço e também dos moradores e usuários do entorno, já que está localizado na rua Conceição, importante via central de Campinas, com intenso fluxo de pedestres e veículos.

Com 39 lojas e um estacionamento coberto com 460 vagas, o local conta com agência bancária, salão de beleza, lotérica, casa de câmbio, praça de alimentação e lojas de segmentos variados, como telefonia, presentes, moda e acessórios.

“O Shopping Jaraguá contribui de maneira adequada à sua vizinhança. O principal foco é atender de maneira ágil e eficiente seus consumidores, garantindo o conforto e a segurança de um shopping center, com a vantagem de estar localizado no coração de Campinas”, afirma Telmo Mendes, gerente-geral de Shopping Center da Rede Jaraguá.

Malls, pequenos eficientes

Não são somente os grandes shoppings que fazem a diferença quando o assunto é o atendimento aos clientes. Os empreendimentos menores, com seus produtos e serviços, também são atrativos. E não apenas para a população que reside ou trabalha nas proximidades, mas para moradores de outras regiões. “Shoppings e malls são modelos que se complementam e, de maneira geral, competem com estratégias diferentes. Ambos visam dar retorno aos investidores e satisfação e resolução de problemas aos consumidores finais. Os malls acabam sendo opção para áreas menores, mas em locais de grande fluxo de potenciais consumidores. Áreas institucionais perto de residências e imóveis comerciais podem ser atrativas, transformando um espaço pequeno em um investimento mais interessante do que apenas uma única loja ou negócio específico”, explica o professor das áreas de marketing e estratégia da Escola Superior de Administração, Marketing e Comunicação (Esamc) Renato Jannuzzi Cecchettini.

“Já para os clientes, o mall oferece outra facilidade além de compras, lazer e entretenimento. É a conveniência de uma compra rápida e serviços mais à mão. Esses empreendimentos conseguem ter a presença e a capilaridade que os grandes centros não conseguem. Você estaciona seu carro perto da loja, por exemplo. Os produtos e serviços oferecidos, geralmente, são aqueles que fazem parte do cotidiano dos clientes”, observa.

Para buscar o sucesso de um empreendimento, seja mall ou shopping, é preciso planejar. De um lado, empreendedores e investidores imobiliários entendem que os centros comerciais planejados são um tipo de operação que vai além de buscar rentabilidade com um negócio imobiliário. Cada vez mais esses centros comerciais, malls e galerias, procuram um planejamento apropriado, com estudo de mercado, mix de lojas focadas no público da região e uma gestão efetiva com empresas especializadas e vinculadas ao projeto.

Foto: Divulgação

Adilson Guilherme, diretor executivo da AGS Nacional: integração

Adilson Guilherme, diretor executivo da AGS Nacional: integração

“Do outro lado estão os lojistas e clientes, que se adequam aos novos canais de varejo e têm nos centros comerciais planejados uma boa opção de compras, com praticidade e conveniência sem perder o foco na qualidade”, alerta Adilson Guilherme, diretor comercial da AGS Nacional.

“A fórmula do sucesso está na integração dos interesses de investidores, empreendedores, lojistas e clientes”, alerta Guilherme, que atua há mais de 20 anos no mercado de shopping centers no Brasil.

Ele informa que esse mercado tem crescido no Brasil nos últimos anos, assim como o número de empreendimentos que desejam estar na região e o interesse de lojistas de grandes redes e franquias. De acordo com ele, para o desenvolvimento de uma estratégia efetiva, é necessária a atuação integrada com empresas especializadas nas áreas de arquitetura, engenharia, comunicação, assessoria jurídica e administração.

“É o caso da G2Mix Assessoria Empresarial, que é parceira da AGS Nacional em alguns empreendimentos e garante o suporte no planejamento, desenvolvimento, controle e execução dos processos organizacionais”, ressalta.

Varandas Shopping

Ordem é expandir

 

O mix de lojas e serviços oferecido no Varandas Shopping é o principal atrativo, segundo o proprietário José Abel Carvalho de Moura. “Vem gente de outras cidades aqui e até de outros estados. Eu sei porque estou em contato com os clientes que circulam no local e sempre converso com todos”, conta.

O Varandas, que fica na movimentada Avenida Norte-Sul, tem localização privilegiada para atender, sobretudo, à grande quantidade de pessoas que trabalham nas empresas das imediações, especialmente no Cambuí. “Estamos aqui há 19 anos e temos um mix com 25 espaços. São restaurantes, relojoaria, lojas de joias, semijoias e bijuterias, de roupas e artigos infantis, de artigos esportivos que também realiza consertos, lanchonetes, salão de beleza, gráfica, papelaria e clínica de estética. As novidades são uma loja de moda para ginástica e outra de moda feminina e um estúdio de pilates. Já o salão de beleza dobrou de tamanho e foi modernizado”, conta Moura.

“O sucesso está em oferecermos variedade de serviços e produtos. Além disso, temos 40 vagas de estacionamento. Por isso, o fluxo de até três mil pessoas por dia”, garante.

Gramado Mall

Ordem é expandir

Planejado para ser um espaço de conveniência, o Gramado Mall, inaugurado em 2002 na região do Parque Gramado, transformou-se num lugar de convivência. “Costumo dizer isso porque pensamos num mall para atender às necessidades que o bairro apresentava por esse tipo de serviço. Detectamos que havia demanda e pensamos num empreendimento que suprisse essa carência. Porém, acabamos gerando convivência, pois é um local em que os moradores do bairro se encontram e conversam”, diz Mário César Pereira, sócio do Gramado Mall. “Muitos dos filhos estudam na mesma escola ou os moradores frequentam o mesmo clube. E quando se encontram para um café, conversam sobre esses assuntos. Isso gera uma proximidade, que muitas vezes não acontece em outros lugares. Virou mesmo um ponto de encontro dos moradores”, afirma.

É claro que o Gramado Mall não recebe clientes apenas do bairro. Há visitantes de Sousas, Nova Campinas e Cambuí. “Temos 35 operações, basicamente voltadas para o serviço, como clínicas de estética, salão de beleza, academia de ginástica, pet shop e lavanderia, mas também há algumas lojas de produtos de alta qualidade. Também temos estacionamento com capacidade para cem veículos, o que é um diferencial, pois empreendimentos pequenos não contam com muitas vagas para os clientes”, observa.

Pereira diz que não há planos de expansão para o Gramado Mall. Porém, melhorias no atendimento são constantemente implementadas.

Tilli Center

Ordem é expandir

 

Situado em um dos melhores corredores comerciais de Campinas, o distrito de Barão Geraldo, o Tilli Center se destaca pela visibilidade. O empreendimento passa por um reposicionamento, impulsionado pela expansão do seu piso superior. “O local ganhará um terraço gourmet com mais de 700 metros quadrados e excelente vista panorâmica, que será um dos mais prazerosos espaços gastronômicos de Campinas”, afirma Adilson Guilherme, diretor comercial da AGS Nacional, empresa contratada pelos empreendedores para executar a gestão de varejo do empreendimento e comercialização das lojas.

A empresa está em fase de planejamento de um mix de lojas que atenda à população. Guilherme diz que desenvolver esse trabalho para o Tilli Center era um anseio antigo. “Com a expansão para o piso superior, o Tilli reafirma sua vocação de oferecer conveniência e serviços, de forma que a população possa fazer suas compras sem precisar de grandes deslocamentos. Estamos confiantes e otimistas na realização desse projeto, que está alinhado cada vez mais com a realidade dos lojistas”, afirma.

Givaldo Santos, diretor de operações da G2Mix, parceiro da AGS Nacional, defende que o empreendimento possui uma vocação forte de varejo devido à sua localização. “É um mall agradável e confortável. Agora, com a expansão para o piso superior, essa vocação se acentua. Com certeza, será referência em Campinas”, aposta. Quando estiver totalmente ocupado, o mall terá 27 lojas e uma unidade educacional.

Ordem é expandir

Vittoria Mall

Idealizado para atender a uma tendência que se espalha cada vez mais pelo Brasil, o Vittoria Mall, localizado em Sousas e inaugurado em 2000, é uma alternativa facilitadora do dia a dia das pessoas. Em 2014, passou por uma grande revitalização, concluída no mês passado e que o transformou em um local mais moderno, atual e aconchegante.

“Junto da revitalização, o mix de lojas também foi ampliado com a chegada de uma casa lotérica, uma sorveteria da rede McDonald’s, lojas de roupas, uma conveniência, um salão de beleza, uma loja de artigos importados, um restaurante e um café. Essas opções juntaram-se às já existentes, como farmácia, loja de roupas infantis, sapataria, revistaria, papelaria, clínica de odontologia e agência de turismo”, destaca Mário Cleto, diretor comercial. Ele informa que o Vittoria Mall tem localização estratégica e um amplo estacionamento.

 Vila Pompeia Mall

Localizado em um bairro tradicional de Campinas, a Vila Pompéia, próximo ao maior corredor viário da cidade, a Avenida Amoreiras, o Vila Pompéia Mall foi inaugurado no ano passado e conta com grande variedade de marcas de destaque no Brasil.

No início deste ano, os empreendedores do Vila Pompéia Mall contrataram a G2Mix, empresa especializada no setor de suporte ao planejamento, desenvolvimento, controle e execução dos processos. “Os resultados positivos em um centro comercial são fruto da integração do empreendedor com o lojista. E tudo com um planejamento executivo que contemple um plano de marketing de varejo perfeitamente alinhado com a realidade do negócio”, diz Givaldo Guilherme Santos, diretor de operações da G2Mix.

“Atualmente, passamos por um trabalho acelerado de reposicionamento e estamos implantando um novo projeto de comunicação. O primeiro passo dado foi a mudança de nome. E todas as decisões buscam aproximá-lo da vizinhança, uma vez que o empreendimento tem como objetivo a conveniência do cliente que mora na zona de influência do projeto”, reforça Santos.

De acordo com ele, o mall está em um dos melhores corredores comerciais de Campinas, com um fluxo de mais de 30 mil carros por dia. “Além de ser um centro de conveniência para a população, com a retração da economia, os malls se tornaram uma excelente opção com custo de ocupação bastante atrativo para os lojistas”, afirma Santos.

Platz

Ordem é expandir

 

O mercado ainda tem espaço para mais novidades. A QOPP Incorporadora acaba de anunciar um grande investimento na cidade e traz para Campinas o Platz, centro de conveniência e serviços que será instalado no distrito de Sousas. O local foi escolhido pela empresa por ser uma região que vem se destacando no cenário regional, principalmente, com a implantação de condomínios residenciais de alto padrão. O Platz faz parte de um complexo multiuso composto por quatro condomínios residenciais, edifício comercial e o mall.

O investimento será de R$ 12 milhões e as obras devem ser iniciadas ainda neste semestre, com previsão de inauguração no próximo ano. O empreendimento terá um inovador conceito de bairro planejado, que oferecerá aos ocupantes e usuários conforto, segurança e praticidade, além da localização, que associa arquitetura e arborização, uma das principais características do distrito.

A gestão e a comercialização do Platz serão feitas pela AGS, que terá como focos elaborar o mix de lojas, realizar a operação de baixo custo para o lojista e desenvolver o marketing. A área de influência do mall abrangerá também bairros como Gramado, Notre Dame e Hípica. No local, haverá um centro de compras com lojas, padaria, restaurantes, café, espaço gourmet, salão de beleza e academia de ginástica. O mall contará também com duas lojas âncoras, 18 lojas satélites e 140 vagas de estacionamento.

Nossas fontes (da edição especial completa)

GS Nacional

(19) 3385-9084

Arezzo

(19) 3794-4040

Bléque Calçados

(19) 3395-5400

Campinas Shopping

(19) 3727-2300

Forneria San Pietro

(19) 3255-8677

Galleria Shopping

(19) 3766-5300

Giovannetti

(19) 3209-1641

Gramado Mall

(19) 3294-1767

Joe & Leo’s

(19) 3208-1414

Julio Okubo Joias

(19) 3251-3531

La Pietra Joias

(19) 3233-8634

Levi’s

(19) 3208-2500 (Parque D. Pedro Shopping)

(19) 3253-4184 (Shopping Iguatemi)

Malabarista Cafés Especiais

(19) 3766-5300

Mother’s Chocolates

(19) 3272-1823

Mr. Beer Iguatemi

(19) 3253-4604

Paola Constance

(19) 2121-0204 | 3305-0358

Parking Kids

(19) 3756-7830

Parque D. Pedro Shopping

(19) 4003-7740

Platz Mall

(19) 3385-9084

Polimaia

(19) 3756-7943

QOPP Incorporadora

(19) 3795-2388

Riyad Esfihas Especiais

(19) 3207-1995

Santa Lolla

(19) 3207-0138

Shopping Iguatemi Campinas

(19) 3131-4646

Shopping Jaraguá

(19) 3512-8999

Tilli Center Mall

(19) 3396-8717

Varandas Shopping

(19) 3251-2050

Vila Pompéia Mall/G2Mix

(19) 98297-8888

Vittoria Mall

(19) 99773-7751 

Escrito por:

Vilma Gasques - Especial para Metrópole